Após reduzir atrações e dias, Maranhão Open Air é cancelado

Anúncio foi feito pela organização, que citou baixa venda de ingressos como razão e prometeu reembolso após 30 dias

A organização do Maranhão Open Air anunciou o cancelamento de sua edição 2023. O festival estava marcado para acontecer dia 21 de outubro, em São Luís.

­

- Advertisement -

Em comunicado, a produção afirma que “fez o possível para manter o festival mesmo após a baixa venda de ingressos antecipados”. O evento já havia passado por uma redução de dias (seriam três) e de bandas (de 32, passou para 16), mas seus realizadores dizem que as medidas “não foram suficientes para dar continuidade a esta edição”.

O texto complementa:

“Vale a pena esclarecer que todo o dinheiro de ingresso será devolvido. Pedimos um prazo de 30 dias para o início da devolução dos ingressos, pois em virtude do alto investimento feito até agora, não será possível realizar a devolução de forma imediata.

Agradecemos a todos que acreditaram e confiaram no MOA 2023.

Por todo o respeito que temos pelo nosso público pedimos nossas sinceras desculpas.”

Sobre o Maranhão Open Air

A primeira edição do Maranhão Open Air aconteceu nos dias 12 e 13 de novembro de 2022, no Rio Poty Hotel, em São Luís. Com os mesmos idealizadores do Metal Open Air de 2012 — marcado por uma série de problemas relacionados à infraestrutura, cachês e cancelamentos —, o festival anunciou inicialmente 24 bandas nacionais e internacionais em sua edição inaugural.

Leia também:  Show do Titãs em Campo Grande é cancelado

Porém, dentre esses grupos, sete deixaram de se apresentar no país por questões variadas — alguns deles por problemas de organização do evento; outros, por razões alheias, como o I Am Morbid, devido à passagem de um furacão nos Estados Unidos. À época, a produção se manifestou sobre os cancelamentos.

Sobre o Metal Open Air

Programado para ocorrer nos dias 20, 21 e 22 de abril de 2012, também em São Luís, o Metal Open Air deveria ter 47 shows de artistas nacionais e internacionais. Apenas 14 se apresentaram, em uma estrutura longe do que havia sido prometido. A última data acabou sendo cancelada integralmente.

Leia também:  Conception anuncia dois shows no Brasil para março de 2024

O público também sofreu com condições precárias, incluindo alojamentos em estábulos, falta de higiene, problemas com o transporte, escassas opções de alimentação e registros de assaltos nas imediações e dentro do local onde o evento aconteceria.

Reportagem do G1 Maranhão aponta que o público ainda não foi ressarcido dos prejuízos sofridos. Apesar de os organizadores terem sido condenados em 2018, as indenizações por danos morais seguem em suspenso. O valor destinado a cada pessoa que compareceu ao evento foi fixado em R$ 3.541,83. Ambas as partes envolvidas na realização do festival se pronunciaram. Clique aqui para mais detalhes.

Leia também:  Killswitch Engage e Carcass anunciam sideshow em Curitiba

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasApós reduzir atrações e dias, Maranhão Open Air é cancelado
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades