Por que Robert Plant não cantava músicas do Led Zeppelin em shows solo

Cantor só foi se sentir confortável em resgatar material da banda quase uma década após seu fim

Todos os músicos do Led Zeppelin ficaram extremamente abalados com a morte de John Bonham, ocorrida em 25 de setembro de 1980. O maior exemplo do impacto esteve no próprio fato de o trio remanescente ter preferido decretar o fim das atividades da banda ao invés de tentar prosseguir. Reuniões só aconteceriam por ocasiões muito especiais, quase sempre contando com Jason, filho do baterista, em seu lugar.

Porém, é bem possível que nenhum dos três tenha sofrido mais do que Robert Plant. Afinal de contas, o vocalista já tinha Bonzo como colega no grupo anterior, a Band of Joy. Foi ele quem indicou o amigo para uma das formações mais icônicas da história da música popular.

- Advertisement -

Em 1982, ao conceder sua primeira entrevista desde a tragédia, o cantor foi enfático sobre a decisão tomada em conjunto com Jimmy Page e John Paul Jones. Ao jornalista Geoff Barton, ele declarou:

“Não fazia qualquer sentido prosseguir. Nenhuma lógica. Há certas pessoas que são especiais demais para você simplesmente substituir. Você não mantém as coisas funcionando apenas por fazer. Não há propósito funcional. Para conveniência de quem? Ninguém, na verdade.”

Plant se recusava até mesmo a cantar as músicas do Zeppelin em suas primeiras turnês como artista solo. Exceção a uma performance de “Whole Lotta Love” em 1983 e a participação no Live Aid, ele só se sentiria confortável com a situação já na virada para a década seguinte.

Leia também:  Todos os filmes dos Beatles no formato cinebiografia já lançados

De qualquer modo, ele deixava claro sentir saudades dos parceiros.

“Sinto muita falta de Jimmy Page. Somos amigos há anos e tínhamos um relacionamento que foi construído a partir de certos padrões. Sabíamos exatamente até onde ir um com o outro. Quando você passa 14 anos com alguém, naturalmente sente falta de certas coisas, tanto musicalmente quanto em termos de personalidade. Mas há um longo caminho a percorrer antes de eu parar de cantar. E agora eu estou me divertindo muito com meus novos companheiros de banda.”

Robert Plant e Led Zeppelin

Atualmente, Plant não possui o mesmo bloqueio para com as canções do passado. É bastante corriqueiro incluir sons do Led Zeppelin em suas turnês solo e em parceria com outros artistas. Naturalmente, com a voz desgastada pelo tempo, ele procura fazer adaptações que facilitem o trabalho.

Leia também:  A dura crítica que Mike Dirnt (Green Day) fez ao Blink-182

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Robert Plant não cantava músicas do Led Zeppelin em shows...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades