Os guitarristas pouco lembrados que Jimmy Page cita como inspiração

Como esperado, menções remetem a instrumentistas que ajudaram a criar a história do rock nos anos 1950

Você não pode esperar que os heróis de seus heróis sejam os mesmo que os seus. Sendo assim, não é de se estranhar que Jimmy Page tenha como referências alguns guitarristas fora do circuito habitual de menções. Até porque, lembremos, antes mesmo do Yardbirds e de o Led Zeppelin decolar, o músico já era uma figura de renome como colaborador de estúdio.

Em sessão de perguntas e respostas promovida pela revista Uncut, em 2007, o instrumentista foi questionado por um fã sobre quem teria servido como inspiração para lhe fazer seguir o caminho que tomou.

- Advertisement -

Ele respondeu:

Lonnie Donnegan inspirou a todos porque fez parecer que era possível fazer isso. Mas quem realmente mudou de apenas tocar acústico para elétrico foram todas aquelas pessoas que tocavam na década de 1950, na verdade. Inicialmente, era a guitarra estilo rockabilly, Johnny Burnette Rock & Roll Trio. Quando você ouvia isso era algo que te inspirava a querer tocar fora da caixa, porque era abstrato. A guitarra de Scotty Moore, Cliff Gallup, Jonny Neats, todas essas pessoas, eles me deram a inspiração… Se você os ouviu, você foi infectado por eles, simplesmente seduzido por isso. Era isso que escreveria todo o manual para uso tanto quanto qualquer outra coisa.”

Obviamente, não poderia faltar uma reverência a quem mudou o jogo de vez para todas as outras bandas na década seguinte.

“Então os Beatles abriram espaço para as bandas escreverem as próprias músicas e aqui no sul era mais o catálogo da gravadora Chess do que Tamla Motown. Houve uma grande fusão que aconteceu do rock ao blues e toda aquela música maravilhosa, aquele movimento blues de Chicago, na verdade, que aconteceu com as gravadoras Vee-Jay e Chess. Todas essas coisas foram muito emocionantes.”

Os nomes citados

Conhecido como “Rei do Skiffle”, Lonnie Donegan influenciou toda a cena jovem britânica a partir dos anos 1950. Jimmy Page aprendeu a tocar guitarra tirando suas músicas de ouvido.

Leia também:  Slash anuncia transmissão ao vivo de show com sua banda de blues

Johnny Burnette foi figura central ao mesclar o rockabilly com a sonoridade pop através do Rock and Roll Trio. Teve carreira curta, morrendo aos 30 anos em 1964, em um acidente de barco.

Scotty Moore foi o músico mais icônico entre os que acompanharam Elvis Presley nos primeiros anos do cantor. Reuniria-se com ele em diversos momentos da carreira, tendo seguido celebrando sua obra após a morte do astro.

Cliff Gallup foi o solista do Gene Vincent and his Blue Caps. Estabeleceu reputação como um dos primeiros guitarristas de rock and roll a demonstrar grande proficiência técnica, sendo referência de nomes que fariam a história posteriormente.

Não há registros sobre Jonny Neats. Os Beatles… bem, são os Beatles, né?

Sobre Jimmy Page

Nascido em Heston, Middlesex, Inglaterra, James Patrick Page se destacou como músico de estúdio, acompanhando uma série de nomes históricos da música. Foi guitarrista do The Yardbirds de 1966 a 1968, permanecendo até o primeiro encerramento das atividades do grupo.

A consagração definitiva veio como o idealizador do Led Zeppelin, uma das bandas mais influentes da história. Expandiu suas atividades através da obra do quarteto, se tornando um nome prestigiado para além da arte em si.

Após o desfecho trágico do conjunto, realizou uma série de trabalhos solo, além de ter tocado em projetos como o The Firm e o Coverdale-Page. Também reeditou brevemente a parceria com Robert Plant. Ainda gravou e excursionou com Rolling Stones, The Black Crowes e Foo Fighters, entre outros.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesOs guitarristas pouco lembrados que Jimmy Page cita como inspiração
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades