Foto: Larry DiMarzio

Steve Vai adia turnê nos Estados Unidos para fazer outra cirurgia

Guitarrista já passou por procedimentos no ombro e em um dos dedos da mão esquerda

O guitarrista Steve Vai adiou o início de sua nova turnê americana para o mês de setembro. Após ter passado por cirurgias no ombro e em um dos dedos da mão esquerda, o músico se submeterá a um novo procedimento.

Sem entrar em detalhes, foi apenas dito que a operação é necessária, tendo em vista uma nova lesão.

Em declaração nas redes sociais, Steve se manifestou:

“Fico chateado por termos que adiar a turnê. Mas sei que é uma ação visando o melhor dos interesses para nós e também para os fãs.”

Eis as novas datas:

  • 28 de setembro – El Cajon, CA @ The Magnolia
  • 30 de setembro – Riverside, CA @ Fox Performing Arts Center
  • 01 de outubro – Las Vegas, NV @ House Of Blues
  • 02 de outubro – Phoenix, AZ @ Celebrity Theatre
  • 04 de outubro – Salt Lake City, UT @ The Rockwell at The Complex
  • 05 de outubro – Boulder, CO @ Boulder Theatre
  • 07 de outubro – Oklahoma City, OK @ Tower Theatre
  • 08 de outubro – Dallas, TX @ House Of Blues
  • 09 de outubro – San Antonio, TX @ The Aztec Theatre
  • 11 de outubro – Austin, TX @ Paramount Theatre
  • 12 de outubro – Houston, TX @ House Of Blues
  • 14 de outubro – Birmingham, AL @ Lyric Theatre
  • 15 de outubro – Macon, GA @ Hargray Capitol Theatre
  • 16 de outubro – Atlanta, GA @ Variety Playhouse
  • 18 de outubro – Clearwater, FL @ Bilheimer Capitol Theatre
  • 19 de outubro – Ft. Lauderdale, Flórida @ The Parker
  • 20 de outubro – Orlando, FL @ The Plaza Live
  • 21 de outubro – Ponte Vedra Beach, FL @ Ponte Vedra Concert Hall
  • 22 de outubro – Charleston, SC @ Charleston Music Hall
  • 23 de outubro – Charlotte, Carolina do Norte @ The Fillmore Charlotte
  • 25 de outubro – Alexandria, VA @ The Birchmere
  • 26 de outubro – Harrisburg, PA @ [a ser determinado]
  • 27 de outubro – Port Chester, NY @ The Capitol Theatre
  • 28 de outubro – Glenside, PA @ Keswick Theatre
  • 29 de outubro – Red Bank, NJ @ Count Basie Theatre
  • 30 de outubro – Huntington, NY @ The Paramount
  • 01 de novembro – New Haven, CT @ College Street Music Hall
  • 02 de novembro – Providence, RI @ The Strand
  • 03 de novembro – Boston, MA @ The Wilbur
  • 04 de novembro – Rochester, NY @ Kodak Center
  • 05 de novembro – Albany, NY @ The Egg
  • 07 de novembro – Greensburg, PA @ Palace Theatre
  • 08 de novembro – Warren, OH @ Packard Music Hall
  • 10 de novembro – Detroit, MI @ Masonic Cathedral Theatre
  • 11 de novembro – Morgantown, WV @ Metropolitan Theatre
  • 12 de novembro – Nashville, TN @ CMA Theatre
  • 13 de novembro – Louisville, KY @ Old Forester’s Paristown Hall
  • 14 de novembro – St. Louis, MO @ The Pageant
  • 16 de novembro – Chicago, IL @ Copernicus Center
  • 18 de novembro – St. Paul, MN @ Fitzgerald Theatre
  • 19 de novembro – Lincoln, NE @ Bourbon Theatre
  • 20 de novembro – Kansas City, MO @ The Uptown Theatre
  • 21 de novembro – Sioux Falls, SD @ The District
  • 22 de novembro – Des Moines, IA @ Hoyt Sherman Place
  • 23 de novembro – Fargo, ND @ Fargo Theatre
  • 25 de novembro – Bozeman, MT @ The ELM
  • 26 de novembro – Missoula, MT @ The Wilma
  • 27 de novembro – Seattle, WA @ Moore Theatre
  • 28 de novembro – Portland, OR @ Roseland Theatre
  • 30 de novembro – Turlock, CA @ Turlock Community Theatre
  • 02 de dezembro – Napa, CA @ Uptown Theatre Napa
  • 03 de dezembro – Los Angeles, CA @ Theater at Ace Hotel

Steve Vai e Inviolate

Inviolate”, décimo álbum de estúdio de Steve Vai, sai dia 28 de janeiro. O trabalho conta com nove faixas e sucede “Modern Primitive”, de 2016.

Em comunicado sobre o novo trabalho, ele declarou:

“Não fico pensando: ‘ok, o que posso fazer agora para ultrapassar limites?’. Apenas penso: ‘o que você fará agora que vai interessá-lo, fasciná-lo ser diferente de tudo que você fez antes? Esse álbum é muito ‘Vai’, o que quer que isso signifique (risos).

Outra pessoa pode ser melhor do que eu para explicá-lo. Mas é um trabalho muito honesto. Muitos dos meus discos são longos, com conceitos e brincadeiras com histórias. Este não tem nada disso. São nove composições instrumentais densas feitas para serem tocadas ao vivo.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share