Foto: Kate Izor

Roger Waters diz que promotores de shows tentam forçá-lo a tocar mais Pink Floyd

Apesar de tentar equilibrar obras da antiga banda com carreira solo em apresentações, baixista segue com repertório longo que traz várias músicas pré-1985

Mesmo após sair do Pink Floyd, mais de três décadas atrás, Roger Waters continuou entregando shows bem produzidos sem deixar de lado a história com a banda que o tornou famoso. Acontece que, segundo o músico, os produtores tentam fazê-lo focar demais na fase em que trabalhou ao lado de David Gilmour – o que incomoda o sistemático baixista.

Em entrevista à rádio Q104.3 New York transcrita pela 96.9 The Dog Rocks, Waters falou a respeito do setlist de sua nova turnê, intitulada “This is Not a Drill”. Ele garante que todos os músicos e pessoas envolvidas no espetáculo têm voz na hora de escolher as músicas, mas que mesmo assim os promotores de eventos tentam empurrá-lo em uma certa direção.

“Estou sob muita pressão de promotores de shows, que são da AEG, que compreensivelmente podem ter uma agenda um pouco diferente da minha. Então eles estão constantemente tentando pressionar meu dedo mais e mais ao botão do Pink Floyd.

Eu estou constantemente tentando mover meu dedo do botão do Pink Floyd para: ‘isso é como eu me sinto sobre meus irmãos e irmãos de todo o mundo, e temos que agir coletivamente para impedir nossos terríveis e cretinos líderes de destruir o mundo’. Meu dedo está sempre escorregando para esse botão, então chegamos a um meio-termo.”

Roger Waters e a turnê “This is not a Drill” no Brasil

Após ter sido obrigado a adiar a turnê por conta da pandemia, finalmente Roger Waters deu início aos shows de “This is Not a Drill”. Com direito a mensagem no telão logo antes do espetáculo para evitar as polêmicas com o público envolvendo suas posições políticas, o baixista segue na estrada, com boa parte do repertório composto justamente por músicas do Pink Floyd.

Informações extraoficiais apuradas pelo jornal chileno La Tercera indicam que Waters deve trazer a tour para a América do Sul nos próximos tempos. Na ocasião, foi dito que as negociações estavam em estágios iniciais. Ainda não há nenhuma confirmação oficial.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
15
Share