Quem é a Mama de “Mama I’m Coming Home”, segundo Ozzy Osbourne

Madman escreveu a balada em parceria com Lemmy Kilmister (Motörhead) e Zakk Wylde

Presente no álbum “No More Tears” (1991), a balada “Mama, I’m Coming Home” é o maior sucesso solo de Ozzy Osbourne nos Estados Unidos. Escrita em parceria com Lemmy Kilmister (Motörhead) e Zakk Wylde, a música alcançou o 28º lugar no Billboard Hot 100, principal chart de singles do país.

Mas quem seria Mama? A expressão pode ser uma alusão à mãe, mas também a uma pessoa querida de modo geral. A resposta é a mais simples possível e não surpreende ninguém. A figura celebrada na letra é Sharon, esposa e empresária do Madman.

- Advertisement -

A despeito de críticas por parte dos fãs, ninguém aguentou tanto de Ozzy quanto a manager. De traições a agressões, chegando até mesmo a uma tentativa de assassinato, Sharon suportou de tudo. Ciente disso, Ozzy estava em mais uma das várias tentativas de desintoxicação quando escreveu a faixa.

Nas notas de rodapé da coletânea “The Ozzman Cometh”, disponibilizada em 1997, Osbourne entrou em maiores detalhes. Conforme resgate do American Songwriter (via RockBizz), ele enfatizou:

“Eu andava por aí com a melodia na cabeça há alguns anos, mas nunca tive a chance de terminá-la até trabalhar com Zakk no álbum ‘No More Tears’. Naquela época, compúnhamos muito ao piano. ‘Mama, I’m Coming Home’ era algo que sempre dizia à minha esposa no telefone quando estava se aproximando o final de uma turnê.”

A importância de Lemmy

Em 2017, durante entrevista ao Jonesy’s Jukebox, da rádio americana 95.5 KLOS, Ozzy falou sobre como Lemmy contribuiu diretamente para o sucesso da música – que também foi seu maior hit comercial de longe.

Leia também:  Globo voltará a transmitir shows do Rock in Rio ao vivo, segundo jornal

“Lemmy sempre me dava ótimas letras. Eu estava gravando um dos meus álbuns, fui até a casa dele e perguntei: ‘Você gostaria de fazer algumas letras?’ Ele respondeu: ‘Sim, volte em algumas horas’. E eu voltei e ele disse: ‘Gosta disso?’ Ele me deu cinco conjuntos diferentes de letras e todas eram ótimas!”

Lemmy ainda assinaria mais três músicas em “No More Tears”: “I Don’t Want to Change the World”, “Desire” e “Hellraiser” – esta última também registrada pelo Motörhead. Em “Ozzmosis” (1995) escreveu “See You on the Other Side”.

Ozzy Osbourne e “No More Tears”

Sexto álbum solo de estúdio de Ozzy Osbourne, “No More Tears” marcou a retomada da carreira do Madman após momentos polêmicos, incluindo uma prisão por tentativa de assassinato de sua esposa. O cantor vendia a imagem de uma pessoa sóbria, embora a realidade fosse outra nos bastidores.

Foi o último a contar com o baixista Bob Daisley – Mike Inez aparece no material promocional como membro da banda – e o baterista Randy Castillo. Vendeu mais de 6 milhões de cópias em todo o planeta.

A turnê de divulgação, apropriadamente chamada de “No More Tours”, marcou a primeira despedida dos palcos do cantor. Obviamente, não demorou muito para ele mudar de ideia.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesQuem é a Mama de “Mama I’m Coming Home”, segundo Ozzy Osbourne
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades