Mick Jagger critica governador conservador da Louisiana em show dos Rolling Stones

Estado do sul americano processa o governo federal por ser contrário a novas regras que visam impedir discriminação de transexuais em escolas

A história comprova que os Rolling Stones são chegados em peitar autoridades no sul dos Estados Unidos. Desta vez, porém, foi por uma causa nobre.

O vocalista Mick Jagger aproveitou um show da banda nesta quinta-feira (2) no New Orleans Jazz & Heritage Festival, em Nova Orleans, para criticar as políticas conservadoras do governador da Louisiana, Jeff Landry. O membro do partido Republicano ocupa o cargo desde janeiro deste ano.

- Advertisement -

Durante a performance de “You Can’t Always Get What You Want”, o cantor chamou a atenção da plateia do festival para a presença do governador. Em seguida, conforme apontado pelo Shreveport Times (via Billboard), declarou:

“Somos um grupo inclusivo. Gostamos de incluir todo mundo. O governador está aqui hoje e gostaríamos de inclui-lo, apesar de estar tentando nos levar de volta à idade da pedra.”

O comentário de Jagger aconteceu dias após a procuradoria geral do estado da Louisiana entrar com um processo contra o governo federal dos Estados Unidos. A ação é motivada por novas regras contra a discriminação de alunos da rede de educação pública baseado em sua identidade de gênero.

Leia também:  A resposta de Rickey Medlocke a quem critica Lynyrd Skynyrd atual

A administração estadual utiliza uma legislação conhecida como Title IX, aprovada em 1972 para proteger mulheres de discriminação. O texto jurídico protege somente mulheres biológicas. Já a medida da Casa Branca vai contra a lei e busca contemplar transexuais.

A ação judicial teve o apoio público do governador durante uma coletiva de imprensa na última segunda (29). Os estados de Montana, Idaho e Mississippi também fazem parte do processo.

Reação de Jeff Landry a fala de Mick Jagger

Em resposta aos comentários do vocalista dos Rolling Stones, Jeff Landry, de 53 anos, fez uma piada no X/Twitter quanto à idade de Mick Jagger, 80. A banda não respondeu a essa declaração ainda. O político afirmou:

Leia também:  Por que o Black Sabbath mudou em “Tyr”, segundo Tony Martin

“Você nem sempre consegue o que deseja (‘You can’t always get what you want’). A única pessoa que talvez se lembre da Idade da Pedra é Mick Jagger. Amo você, amigo, você é sempre bem-vindo na Louisiana! #LoveMyCountryMusic”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasMick Jagger critica governador conservador da Louisiana em show dos Rolling Stones
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

1 COMENTÁRIO

  1. Jagger quer ser moderninho , mas não dá um pio contra a família Real Inglesa, os maiores Conservadores do Universo…e não sabe que no EUA os Estados tem maior autonomia para fazerem suas próprias leis, ao contrario do nosso Brazoooo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades