Guitarrista moderno que fizer solos como Jimmy Page será “crucificado”, diz Nita Strauss

Instrumentista acredita que certas características "despreocupadas" no estilo de tocar do integrante do Led Zeppelin ocasionariam tal rejeição

Até hoje, Jimmy Page é uma inspiração para muitos músicos, incluindo Nita Strauss. Na opinião da instrumentista, o eterno guitarrista do Led Zeppelin continua uma referência porque, ao longo da carreira, não seguiu fórmulas e trouxe um caráter inovador ao instrumento de seis cordas. 

­

- Advertisement -

Justamente por esse motivo, a integrante das bandas de Alice Cooper e Demi Lovato acredita que não seja possível replicar o estilo de Page atualmente. Como explicou para a Guitar World, qualquer guitarrista moderno que tentasse fazer solos como o veterano — de maneira natural e sem certas preocupações — seria crucificado. 

Ela declarou:

“Acho que se um guitarrista moderno tocasse um solo como Jimmy Page, ele seria crucificado. As pessoas diriam que os bends estão incorretos ou que certa nota não encaixa. Mas independente do que seja, Jimmy sempre faz funcionar. Ele nos mostrou que o que tocamos nem sempre precisa ser perfeitamente sincronizado com o tempo, que os bends podem ser um pouco mais agudos, que o vibrato pode ser um pouco irregular e isso pode funcionar ainda melhor do que coisas perfeitamente executadas. Ele é orgânico e real. Há todo aquele sentimento no que ele toca, porque ele toca com o coração e não com a cabeça.”

Logo depois, quando perguntada sobre a faixa “Since I’ve Been Loving You…”, lançada pelo Zeppelin em 1970, Nita aproveitou a oportunidade para destacar a versatilidade de Page. Não só isso, como a habilidade do guitarrista em “quebrar as regras”.

Leia também:  Quando “Roots”, do Sepultura, fez Dave Grohl perder US$ 50 mil

“Muitas vezes tenho a impressão de que ele estava aprendendo as regras para poder quebrá-las. Assim ele teria o arsenal teórico para saber do que as músicas precisavam. Mas ele também foi além, ele não achava que só podia usar certas escalas dependendo do tom. Ele tinha uma sensibilidade em relação às notas modais, as explorando nas seções certas e também sabendo quando não abusar delas e manter uma direção voltada ao blues.”

Nita Strauss, Joe Bonamassa e Jimmy Page

Quem já apresentou um ponto de vista semelhante ao de Nita Strauss foi Joe Bonamassa. Também durante entrevista à Guitar World, o bluesman enalteceu Jimmy Page e contestou a ideia de que o líder do Led Zeppelin seria “desleixado” para com a própria obra.

“Você pode criticá-lo, chamá-lo de desleixado o dia todo, mas será que conseguiria tocar da mesma forma? Tente reproduzir ‘The Rain Song’ tão bem quanto ele tocou. Não vai conseguir. Sem chance.”

Joe destaca até mesmo o que o ídolo fez antes de seus trabalhos mais reconhecidos.

“A coisa sobre Jimmy Page que a maioria das pessoas não percebe é que ele era um cara muito requisitado antes dos Yardbirds e do Led Zeppelin. Fez um monte de coisas incríveis antes mesmo de estar nessas bandas. Chame-o de desleixado, mas ele era um talento único em uma geração.”

Jimmy Page atualmente

Apesar de estar bastante antenado com o que acontece em estúdio, Jimmy Page segue sem lançar algo inédito desde 2012, quando lançou a trilha do filme “Lucifer Rising”, gravada em 1972.

Leia também:  Em 1972, o único show do Deep Purple com Randy California na guitarra

No formato convencional, a espera é ainda maior. “Walking Into Clarksdale”, parceria com Robert Plant, saiu em 1998.

Desde então, o músico vem prometendo novidades, além de uma turnê com uma banda solo. Porém, nada se concretizou. A prioridade seguiu sendo os vários relançamentos do catálogo do Led Zeppelin.

Nita Strauss atualmente

Atualmente, além da banda de Alice Cooper, Nita Strauss também comanda sua carreira solo e toca com Demi Lovato.

Em 2023 ela lançou o álbum “The Call of the Void”. Ao contrário do primeiro, “Controlled Chaos” (2018), completamente instrumental, o segundo trazia metade do tracklist com faixas cantadas por vocalistas convidados.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesGuitarrista moderno que fizer solos como Jimmy Page será “crucificado”, diz Nita...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma correção: A trilha do Lucifer Rising não foi feita em 2012, mas em 1972, e não foi utilizada pelo diretor. Jimmy em 2012 apenas lançou oficialmente o que fora gravado naquela época.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades