O aspecto em que Chris Cornell era melhor do que Dio, segundo Bruce Dickinson

Vocalista do Iron Maiden acredita que saudoso cantor do Soundgarden apresentava certo diferencial em relação a um de seus grandes ídolos

Para Bruce Dickinson, o saudoso Chris Cornell tinha uma das melhores vozes de qualquer geração da música. Não é à toa que o vocalista do Iron Maiden acredita que o ícone do grunge apresentava um diferencial em relação a outros grandes nomes como Ronnie James Dio.

­

- Advertisement -

A comparação entre ambos surgiu durante conversa com o Songfacts. Tudo começou quando o entrevistador mencionou que, em sua opinião, há uma certa semelhança entre Cornell e Dio, na época em que ele cantava no Rainbow e Black Sabbath. 

Bruce, então, comentou a respeito e explicou um aspecto que, ao seu ver, os tornava distintos: 

“Sendo honesto, o diferencial de Chris, para mim, é que ele tinha um alcance emocional melhor do que o de Ronnie”. 

Isso, porém, não exclui sua admiração pelo trabalho de Dio. Tanto é que, logo depois, Dickinson elencou uma série de performances do vocalista que, de alguma maneira, o emocionaram.

“Ronnie cantou ‘Stargazer’ muito lindamente, e então ele cantou coisas voltadas ao medieval como ‘Temple of the King’, que é simplesmente linda, de morrer. Simplesmente adorável. Uma das minhas performances favoritas dele é no álbum ‘The Butterfly Ball’ [de Roger Glover]: ‘Love is All’. Você consegue perceber que essa é a voz mais jovem de Ronnie, porque a voz de Ronnie ficou mais sombria com o passar dos anos, mas todo o seu poder ainda estava lá. Lembro de ouvir ‘Love is All’ e dizer: ‘meu Deus, a voz dele é cristalina. Cristalina com um toque aveludado por baixo’. Foi lindo. Sou um grande fã do Ronnie. E Chris Cornell foi tirado de nós antes mesmo de começar a dar o seu melhor, eu acho. Muito triste.”

Bruce Dickinson e Chris Cornell

Bruce Dickinson não esconde sua admiração por Chris Cornell. No mesmo bate-papo, ele citou o saudoso vocalista do Soundgarden e Audioslave como um dos cantores que mais admira – ao lado do brasileiro Andre Matos, que também já nos deixou.

Leia também:  Como a estreia dos Rolling Stones ajudou a moldar o rock inglês

“Chris Cornell, que infelizmente não está mais entre nós, foi uma das melhores vozes que já ouvi de qualquer geração. E, infelizmente, ele se foi. O cara de Angra, Andre Matos, também. Esses caras se foram e tiveram a capacidade de realmente emocionar as pessoas. Eles podiam gritar e berrar como os melhores, mas tinham a habilidade de emocionar as pessoas com suas vozes.”

À Folhateen, em 1997, o vocalista do Iron Maiden ainda foi além. Para a publicação, elegeu a voz de Cornell como a melhor de todo o rock. 

“A melhor voz que escutei no rock é a de Chris Cornell. Acho que ele não vai mais cantar rock pesado, mas ele pode superar qualquer vocalista de metal.”

Leia também:  Por que o Black Sabbath está mais satânico em “Headless Cross”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO aspecto em que Chris Cornell era melhor do que Dio, segundo...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Respeito a opinião d Bruce, e acho Chris Cornell e Soundgarden muito bons. Sem duvida, uma das mais competentes bandas da época do grunge na década 90s. E é possivel notar como aquilo tudo influenciou os primeiros discos solos do Bruce pós-Maiden, inclusive com Jack Endino produzindo um disco dele.

    Porém, não concordo que Chris foi o melhor. O rock/metal teve muitos pesos pesados como o já citado RJ Dio, e o Paul Rodgers, Freddie Mercury, Robert Plant, Ian Gillan, Glenn Hughes, Axl Rose, Little Richard, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades