Dave Lombardo não fica nada feliz com haters de Lars Ulrich

Lendário baterista defendeu o colega de função, a quem chegou a substituir durante um show no Download Festival 2004

Enquanto muitos fãs fazem questão de expressar descontentamento com a performance de Lars Ulrich, vários colegas de função saem em defesa do baterista do Metallica. É óbvio que a antipatia para com algumas atitudes do músico – vide o caso Napster – influenciam essa postura. Porém, é inegável a importância do dinamarquês no contexto histórico.

Um de seus guardiões é Dave Lombardo. O multibandas, consagrado especialmente com o Slayer, chegou a substituí-lo no Download Festival 2004, tocando as primeiras músicas do set dos líderes do Big Four e cedendo o kit ao saudoso Joey Jordison (ex-Slipknot) na sequência.

- Advertisement -

Em entrevista à mais nova edição da Metal Hammer, o cubano radicado nos Estados Unidos subscreveu recente defesa de Lars feita por Mario Duplantier, do Gojira.

“Eu sinto que Lars é uma parte essencial dessa banda – qualquer outra pessoa e simplesmente não soará igual. Repreendo as pessoas que falam m*rda sobre ele, não gosto disso. Você tem que abraçar quem Lars é, sua contribuição para o som do Metallica. São inspiradores. Todo mundo quer ser tão grande quanto. E você só consegue isso correndo riscos. Eles chocaram as pessoas quando cortaram o cabelo ou o que quer que fosse, mas foi parte da evolução. Claramente sabiam o que estavam fazendo. E ainda estão por aí arrasando.”

Leia também:  Tommy Lee posta montagem obscena como piada a atentado contra Trump e divide opiniões

Dave Lombardo e Lars Ulrich

Em 2014, durante uma clínica na Itália, Lombardo já havia defendido o amigo. Conforme transcrição do Blabbermouth, ele declarou:

“Eu acho que Lars é um bom baterista e um bom arranjador. Sem ele não haveria um Metallica. É preciso dar crédito ao que fez pela banda. Quando há química em uma banda, não fica a mesma coisa sem um membro. Se você tirar Lars da equação, não será o mesmo.”

Em contrapartida, durante entrevista à revista Rhythm, em 2009, o músico foi um pouco mais ácido.

“Sem desrespeito ao Lars, porque ele é ótimo e um cara muito legal, mas precisa passar uma semana na minha casa tocando. Eu poderia mostrar a ele – ‘Não, Lars, assim!’ … ‘Vamos relaxar, vamos relaxar, tomar um café e vamos tocar!’”

Mais tarde, Dave Lombardo disse que tudo não passou de uma piada que acabou sendo publicada – e não, Lars não aceitou a proposta.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasDave Lombardo não fica nada feliz com haters de Lars Ulrich
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades