Saiba quanto é o cachê de Bruno Mars, o mais alto já pago por Roberto Medina

De acordo com empresário, quantia investida "vale cada centavo"; montante chega aos sete dígitos, segundo apuração do Estadão

Roberto Medina, idealizador do Rock in Rio, sempre teve o sonho de trazer Bruno Mars para o Brasil. Com o seu novo festival The Town, que acontece pela primeira vez na capital paulista em setembro, ele finalmente concretizará o desejo. E para torná-lo realidade, precisou desembolsar uma grande quantia.

Como Medina contou ao Estadão, o cachê do artista é o maior que já pagou nos mais de 38 anos trabalhando com festivais. Por questões contratuais de confidencialidade, o empresário não revelou o valor exato, mas, como apurado extraoficialmente pelo veículo, o número bateu a casa do US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 8 milhões).

- Advertisement -

E, na opinião do profissional, vale a pena o dinheiro investido. Conversando com o jornal, Medina não poupou elogios ao talento do cantor.

“Nunca paguei tão caro por um show. O show que ele faz vale cada centavo. As surpresas acontecem o tempo todo. É impressionante o que ele faz.”

Bruno Mars, “o novo Michael Jackson”

Em entrevista anterior ao site Gshow, Roberto Medina chegou a comparar as habilidades de Bruno Mars às de Michael Jackson e o chamou de “melhor artista do mundo hoje”. Também explicou por que o cantor será headliner de duas noites no The Town, nos dias 3 e 10 de setembro: 

“Há dois anos tento trazer o Bruno Mars, primeiro para o Rock in Rio, porque ele só foi ao de Las Vegas. Queria porque é disparado o melhor artista do mundo hoje. Tem um talento impressionante. Para mim, é o Michael Jackson de agora. O show parece ter meia hora porque é tão bom que você não vê o tempo passar. Por isso teremos duas noites. Esse eu estava realmente pilhado para conseguir e, graças a Deus, consegui. Queria também, do ponto de vista artístico, ter uma coisa marcante no início do The Town. São Paulo, apesar de ter parte do público do Rock in Rio, é outro mercado, outra cultura.”

Leia também:  Fã chileno viaja 11 mil km para ver o Pearl Jam — e acaba tocando com a banda

Já em conversa com o Popline, Roberto adiantou que não haverá no Brasil qualquer outro show do artista além do The Town neste ano. Porém, ele avalia a possibilidade de levar Bruno Mars para o Palco Mundo – o principal – do Rock in Rio na próxima edição, marcada para 2024. 

Sobre o The Town

Com uma estrutura de mais de 300 mil m² e expectativa de 500 mil presentes durante toda a sua realização, o The Town 2023 ainda tem ingressos à venda para os dias 2 e 7 de setembro, que trazem respectivamente Post Malone e Maroon 5 como atrações principais. Já as demais datas, com Foo Fighters e Bruno Mars como headliners, estão com entradas esgotadas.

Os tíquetes podem ser adquiridos para as datas remanescentes por meio do site oficial. Os valores são: R$ 815 (inteira) e R$ 407,50 (meia). Não há taxa de conveniência.

O novo festival estabeleceu uma parceria com o Grupo CCR, que garante que os trens que dão acesso ao local funcionem 24h nos dias. Mais informações clicando aqui.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSaiba quanto é o cachê de Bruno Mars, o mais alto já...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades