Edu Falaschi promete doar violão para destinar fundos ao Rio Grande do Sul

Vocalista anunciará detalhes de campanha ainda nesta semana, podendo ser crowdfunding, rifa ou leilão

O vocalista Edu Falaschi anunciou uma campanha de doação de seu violão da marca Takamine. O objetivo é arrecadar fundos para auxiliar a população do Rio Grande do Sul, estado afetado por fortes temporais que causaram a morte de pelo menos 83 pessoas, enquanto várias outras permanecem desaparecidas, feridas ou desabrigadas.

A iniciativa foi anunciada pelo cantor, ex-integrante do Angra e atualmente em carreira solo, por meio de suas redes sociais. Ainda não se sabe os detalhes da campanha, que pode ser por meio de um financiamento coletivo (crowdfunding), rifa ou leilão, conforme mencionado pelo próprio.

- Advertisement -

Em trecho da filmagem, Falaschi declarou:

“Estou desenvolvendo junto com meu pessoal uma campnaha, onde vou doar esse violão, da marca Takamine. Com ele eu gravei o DVD ‘Temple of Shadows in Concert’, o DVD ‘Vera Cruz’ que ainda vamos lançar, os álbuns ‘Vera Cruz’ e ‘Eldorado’, coisas do Almah. É o mesmo violão com o qual compus canções do Almah e todas do ‘Vera Cruz’ e ‘Eldorado’.”

Além do formato, Edu e sua equipe ainda precisam definir o destino da renda a ser arrecadada com a campanha. Porém, o vocalista prometeu divulgar detalhes ainda nesta semana.

Leia também:  Paul McCartney se torna o primeiro músico britânico bilionário

“Sei que é uma gotinha no oceano, mas acho que toda ajuda é bem-vinda. […] Estamos desenvolvendo a maneira como fazer isso, também para decidir para onde será destinado o dinheiro arrecadado.”

Outro músico do rock brasileiro que se disponibilizou a ajudar foi Lucas Silveira, por meio de uma live. O vocalista e guitarrista da Fresno anunciou que realizará uma transmissão nesta terça-feira (7), às 14h, no canal do podcast Podpah e com apoio de outros artistas, como Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Lucas Inutilismo e mais.

O intuito é chamar atenção para a tragédia e conseguir doações para o local por meio da chave Pix [email protected].

Chuvas no Rio Grande do Sul

De acordo com a Agência Brasil, o número de mortes confirmadas decorrentes das fortes chuvas que caem no Rio Grande do Sul subiu para 83. Outros quatro óbitos estão em investigação para confirmar se há relação com os eventos meteorológicos da última semana.

Os dados constam no boletim da Defesa Civil estadual atualizado às 9h desta segunda-feira (6). No momento, o número de desaparecidos chega a 111 pessoas.

Ao todo, são 345 municípios gaúchos atingidos pelos temporais, com mais de 850,4 mil pessoas afetadas. O estado contabiliza 21.957 pessoas desalojadas. Além disso, o levantamento aponta que 19.368 pessoas estão temporariamente em abrigos e há 276 feridos.

O número de óbitos superou a última catástrofe ambiental do estado em setembro de 2023, quando 54 pessoas perderam a vida devido a passagem de um ciclone extratropical. As autoridades afirmam que este é o pior desastre climático da história gaúcha.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasEdu Falaschi promete doar violão para destinar fundos ao Rio Grande do...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades