A melhor música de Paul McCartney na opinião de John Lennon

Escolha recaiu sobre homenagem a seu filho Julian, que segundo John, gostaria de ter Paul como pai

Apesar das brigas, processos e o natural afastamento que o fim dos Beatles causou entre os integrantes, John Lennon sempre tinha algo de bom a dizer sobre seu principal parceiro de composição. Durante entrevista de 1972 à revista Hit Parader (resgatada pelo Rock and Roll Garage), o criador da banda mais influente de todos os tempos citou a composição de Paul McCartney que mais gostava.

A escolha recaiu sobre “Hey Jude”, originalmente lançada como single em 1968 – tendo “Revolution” como b-side. A canção era um modo de Paul encorajar Julian, filho de John, que sofria por conta do rompimento do pai com sua mãe, início do relacionamento com Yoko Ono e consequente distanciamento.

“É a melhor música dele. No começo, cheguei a achar que era um recado a mim e Yoko, mas depois ele explicou direito do que se tratava.”

- Advertisement -

Beatles e “Hey Jude”

Apesar de ter sido disponibilizada apenas em agosto, “Hey Jude” se tornou o single mais vendido do ano em que foi lançada nos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Austrália. O registro ocorreu nas mesmas sessões que originaram o álbum “The Beatles”, popularmente conhecido como “White Album”. O trabalho chegou às lojas dois meses após o compacto.

Leia também:  Quando Ritchie Blackmore pôs fogo em amplificadores para prejudicar o Yes

Três anos após a entrevista acima, John falou sobre a relação com o filho mais velho durante bate-papo com a revista Spin. E fez uma relação curiosa em relação ao afeto de Julian para com o amigo.

“Acho que ele gosta mais de Paul do que de mim. Tenho a sensação de que ele gostaria que Paul fosse seu pai. Infelizmente para ele, acabou sendo eu. Acredito que deva ser um inferno ter um pai conhecido. Julian é um garoto brilhante e gosta de música. Não o encorajei a nada em específico, mas ele até já tem sua bandinha de escola. Gosta dos Beatles, Barry White e Gilbert O’Sullivan. Também é fã do Queen. É através dele que conheço coisas novas.”

Sobre Julian Lennon

Hoje com 60 anos, Julian Lennon possui 7 álbuns de estúdio lançados. O mais recente, “Jude”, saiu em 2022 e chegou ao 7º lugar na parada britânica destinada a discos independentes.

Também trabalha como fotógrafo e cineasta. Em 2020, foi o produtor executivo do documentário “Kiss the Ground”, publicado no catálogo da Netflix. A obra aborda a agricultura regenerativa. No ano seguinte, assinou a mesma função em “Women of the White Buffalo”, sobre as mulheres Lakota, que vivem na Reserva Indígena de Pine Ridge, em Dakota do Sul, Estados Unidos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA melhor música de Paul McCartney na opinião de John Lennon
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades