A única ocasião que faria Mark Knopfler reunir o Dire Straits

De qualquer modo, músico inglês deixou claro estar feliz com as coisas como estão em carreira solo

Desde 1996 Mark Knnopfler se dedica à carreira solo, além de assinar trilhas de filmes. Ao que tudo indica, um reencontro com o Dire Straits parece cada vez mais uma fantasia na cabeça dos fãs.

Nem mesmo quando a banda foi indicada ao Rock and Roll Hall of Fame, em 2018, o vocalista e guitarrista compareceu à cerimônia com os antigos colegas – o que fez com que até o tradicional número musical deixasse de acontecer.

- Advertisement -

Em uma entrevista de 2008 à BBC News (resgatada pelo Karkpost), o frontman revelou até ter conversado com o baixisya John Illsley, seu companheiro mais longevo no grupo.

“Ele estava muito disposto a nos reunirmos. Mas, honestamente, não sei se estou disposto a passar por tudo aquilo de novo.”

O único motivo que mudaria o panorama seria filantrópico.

“Só faria isso por caridade. Sou grato por tudo que tivemos e me diverti muito. Mas sou muito feliz por como as coisas estão hoje.”

Mark Knopfler e Dire Straits

Nascido em Glasgow, Escócia, Mark Freuder Knopfler foi criado em Manchester, Inglaterra. Seu pai, húngaro, fugiu do país em 1939, devido a ameaças por sua postura antifascista. Paralelamente a suas primeiras bandas, trabalhou como jornalista no Yorkshire Evening Post.

Leia também:  O artista que poderia ter rivalizado com Elvis Presley, segundo Robert Plant

Em 1977 fundou o Dire Straits com seu irmão, David. A banda existiu até metade dos anos 1990 – com uma parada entre 1988 e 1991 – vendendo mais de cem milhões de discos em todo o mundo.

Canhoto, não inverteu as cordas nem a posição da guitarra. Também não usa palheta, tocando apenas com os dedos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA única ocasião que faria Mark Knopfler reunir o Dire Straits
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades