Bryan Cranston faz discurso forte contra CEO da Disney e inteligência artificial

Ator criticou Bob Iger e disse que categoria dos atores não aceitará perder seus empregos para robôs, nem sua dignidade

O ator Bryan Cranston, que aderiu à greve dos atores de Hollywood, fez um discurso forte contra o CEO da Disney, Bob Iger, e a inteligência artificial. A fala ocorreu nesta terça-feira (25), durante um protesto da categoria em Nova York.

Em sua declaração (via Variety), Cranston deixou bem claro que a categoria não vai deixar que os grandes estúdios de Hollwood não tire dela o direito de trabalhar e sua dignidade.

“Temos uma mensagem ao senhor Iger. Eu sei, senhor, que você olha as coisas com lentes diferentes. Não esperamos que você entenda quem somos. Mas queremos que você nos escute, e além disso, que nos escute quando afirmamos que não vamos ter nossos empregos retirados e dados a robôs. Não vamos permitir que você tire nosso direito de trabalhar e conseguir ganhar a vida decentemente. E por último e o mais importante, não vamos permitir que você nos tire a dignidade! Somos um sindicato e estamos juntos até o fim.”

- Advertisement -

Na semana passada, Bob Iger criticou a paralisação dos atores e de roteiristas. O executivo disse que até entende o direto dos sindicatos em pedirem melhorias para as categorias que representam, mas que não considera realistas as exigências feitas.

Leia também:  Diagnosticado com demência, Jack Russell (Great White) anuncia aposentadoria

Este mesmo evento em que Bryan Cranston discursou contou com a presença de outros atores e atrizes de renome. Entre eles, estavam Steve Buscemi, Chrisian Slater, Stephen Land, Michael Shannon, BD Wong, Brendan Fraser, Jessica Chastain, Chloe Grace Moretz, Matt Bomer e Corey Stoll.

Greve dos atores

O sindicato dos atores dos Estados Unidos (conhecido pela sigla SAG-AFTRA em inglês) deflagrou a greve no último dia 14 de julho. A categoria pede restrições no uso de inteligência artificial para a gravação de filmes e séries de TV e melhorias nos pagamentos feito pelos serviços de streaming, que segundo o sindicato, vem diminuindo os retornos dos artistas.

O sindicato de roteiristas de Hollywood também está com suas atividades paralisadas. É a primeira vez desde os anos 1960 que as duas categorias interromperam suas atividades ao mesmo tempo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasBryan Cranston faz discurso forte contra CEO da Disney e inteligência artificial
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades