Therion segue inventivo e complexo em “Leviathan II”

Décimo-oitavo álbum de estúdio do grupo sueco é a segunda parte de trilogia iniciada ano passado

Lá se vão 35 anos desde que Christofer Johnsson lançou o Blitzkrieg, que mudou o nome para Megatherion e no ano seguinte fixou de vez como Therion. Não apenas a alcunha se modificou, mas a sonoridade death/doom de outrora foi se tornando cada vez mais clássica e elaborada. Após a consagração no underground metálico europeu durante os anos 1990 e 2000, o projeto se solidificou e promoveu diversas mutações para seguir evoluindo.

Em janeiro de 2021 saiu o álbum “Leviathan”, dando início ao que promete ser uma trilogia. Quase dois anos mais tarde, chega a segunda parte, nada menos que o 18º disco de inéditas da banda.

- Advertisement -

Assim como no antecessor, o tracklist reúne 11 faixas com a complexidade que caracteriza a proposta. Não é um trabalho de fácil assimilação, como quase tudo feito pelo grupo em sua história. São necessárias várias audições para absorver o conteúdo.

A mitologia e o ocultismo seguem sendo foco nas letras, enquanto as performances dos músicos são impecáveis, como esperado em trabalhos comandados por Johnsson. Talvez peque um pouco na falta de um sopro de novidade, o que é até esperado tendo em vista o tamanho da discografia. Em comparação com o anterior, a segunda parte da saga traz mais momentos acessíveis e diretos.

Leia também:  Sweet anuncia “Full Circle”, álbum final de sua carreira

Destaques individuais para “Litany of the Fallen”, as passagens progressivas de “Alchemy Of The Soul” e a sincronia de vocais em “Midnight Star”. No geral, não figura entre os grandes momentos da carreira do Therion, mas tem tudo para agradar os fãs mais devotos. Iniciantes devem optar por petardos como “Theli” (1996), “Vovin” (1998) ou “Deggial” (2000).

“Leviathan II” é um lançamento da Atomic Fire / Nuclear Blast e poderá ser ouvido a partir da próxima sexta-feira (28) nas plataformas digitais. No Brasil, será distribuído pela Shinigami Records.

Therion – “Leviathan II”

  1. Aeon of Maat
  2. Litany of the Fallen
  3. Alchemy of the Soul
  4. Lunar Coloured Fields
  5. Lucifuge Rofocale
  6. Marijin Min Nar
  7. Hades and Elysium
  8. Midnight Star
  9. Cavern Cold as Ice
  10. Codex Gigas
  11. Pazuzu

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosTherion segue inventivo e complexo em “Leviathan II”
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades