O guitarrista da África elogiado por Kirk Hammett (Metallica)

Segundo integrante do Metallica, músico em questão, nascido no Níger, soa "mais espontâneo" do que os instrumentistas ocidentais

Para Kirk Hammett, a nova geração apresenta ótimos guitarristas. Em contrapartida, o integrante do Metallica também afirma que, apesar da qualidade, muitas das vezes tais instrumentistas priorizam apenas tocar várias notas por segundo, inferiorizando outros aspectos. No entanto, um guitarrista em específico o deixou realmente impressionado.

Ao New York Times (via Guitar World), o veterano elogiou Mdou Moctar, de 39 anos. Nascido no Níger, país da África Ocidental, o músico em questão é conhecido por combinar música tuareg com um estilo influenciado por Jimi Hendrix.

- Advertisement -

Nas palavras do próprio Hammett, o colega de profissão mostra certa singularidade. Por isso, seus trabalhos soam diferentes quando comparados aos de guitarristas ocidentais.

Ele declarou:

“Nós, guitarristas do Ocidente, usamos como base o mesmo vocabulário e tocamos sempre o mesmo punhado de licks estereotipados. Mas a música de Mdou é quase livre dessas coisas. E, por isso, soa mais espontânea. Soa como uma novidade. É incrível.”

Sobre Mdou Moctar

De origem tuaregue, Mdou Moctar nasceu no vilarejo de Tchintabaraden, no Níger, país que fica na África Ocidental. Cresceu na zona rural e construiu sua própria guitarra com latas de sardinha, cabos de bicicleta e madeira sobressalente. Aprendeu a tocar em segredo, para não ofender seus pais, que reprovavam qualquer tipo de música feita com instrumentos elétricos.

Leia também:  Brian May surpreende ao escolher o melhor riff do Deep Purple

Lançou em 2008 seu primeiro álbum, “Anar”, gravado na Nigéria. A obra se tornou popular através de arquivos MP3 compartilhados via Bluetooth no Níger. A compilação “Music from Saharan Cellphones: Volume 1” (2011), com vários músicos da África Ocidental e Subsaariana, tornou seu trabalho popular internacionalmente.

Desde então, o músico gravou mais cinco discos. O mais recente, “Funeral for Justice”, sai no próximo dia 3 de maio pela Matador Records. Esteve no Brasil ano passado, para apresentação no festival C6 Fest, em São Paulo. A cobertura pode ser conferida clicando aqui.

Mdou Moctar e “Funeral for Justice”

Como mencionado, o músico anunciou o lançamento de um novo álbum de estúdio para 3 de maio, via Matador Records. “Funeral for Justice” conta com 9 faixas e sucede o elogiado “Afrique Victime”, disponibilizado em 2021.

A formação ainda traz o guitarrista rítmico Ahmoudou Madassane, o baterista Souleymane Ibrahim e o baixista Mikey Coltun – este último também responsável por assinar a produção do trabalho.

Leia também:  Manowar confirma show também em Brasília para novembro

No material promocional, Mdou declara:

“Este álbum é realmente diferente para mim. Agora, os problemas da violência terrorista estão ainda mais graves em África. Quando os Estados Unidos e a Europa chegaram aqui, disseram que iriam nos ajudar, mas o que vemos é realmente diferente. Eles nunca se preocuparam em encontrar uma solução.”

Golpe militar no Níger

Ano passado, Mdou e os integrantes de sua banda ganharam as notícias internacionais após serem exilados de seu país natal após um golpe militar ter derrubado o presidente eleito democraticamente.

As fronteiras do Níger foram fechadas – assim como instituições financeiras – e grupo ficou preso nos Estados Unidos sem ter como se manter temporariamente. A renda de turnê era toda enviada para as famílias dos artistas na África.

Através de um crowdfunding, fãs levantaram mais de US$ 110 mil para cobrir moradia de emergência, comida, custos de viagem e possíveis despesas de saúde.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO guitarrista da África elogiado por Kirk Hammett (Metallica)
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades