Quando Lady Gaga rebateu repórter machista: “se eu estivesse segurando o saco…”

Clipe de 2009 compartilhado até hoje mostra como cantoras são julgadas negativamente quando abordam temas sexuais em seus trabalhos

A beleza da internet é sua capacidade de preservação e ressurreição de grandes momentos. Neste caso, estamos falando de um vídeo da cantora Lady Gaga sendo entrevistada em 2009 que é trazido de volta à tona com certa regularidade simplesmente pela pertinência de suas respostas.

Perguntada se teme que as referências sexuais em suas letras atrapalhem sua música, a cantora respondeu não ter medo algum. À época promovendo o álbum “The Fame Monster” (2009), a artista mencionou ter três singles no topo das paradas e quatro milhões de cópias vendidas.

Conforme transcrição do Refinery29, a cantora continuou a resposta falando:

“Você vê, se eu fosse um cara com um cigarro na mão e segurando o saco enquanto falo sobre como faço música porque gosto de carros velozes e transar com garotas, você me chamaria de rockstar.

Mas quando eu faço isso em minha música e meus clipes, por ser mulher e fazer música pop, você me julga e diz que é distração. Eu sou apenas uma rockstar.”

Uma razão para explicar a atemporalidade do vídeo é o fato de artistas mulheres ainda serem sujeitadas a perguntas desse nível em entrevistas à imprensa. Muitos jornalistas vêem esse clipe viralizar sem entender a mensagem de se esforçar mais na hora de fazer seu trabalho.

Veja o vídeo da entrevista abaixo.

Lady Gaga rebate repórter machista

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
3
Share