Até Tony Martin era alvo das pegadinhas de Tony Iommi; conheça uma delas

Bill Ward que o diga — baterista já até parou no hospital por conta das brincadeiras de seus colegas de Black Sabbath

O guitarrista Tony Iommi, único a participar de todas as formações do Black Sabbath, gostava de bolar pegadinhas contra seus colegas de banda — incluindo algumas pra lá de perigosas. Tony Martin, o segundo vocalista mais longevo do grupo após Ozzy Osbourne, não passou ileso e lembrou recentemente de uma delas.

Em vídeo publicado pelo canal de Iommi no YouTube, transcrita pela Guitar World, a dupla se lembrou do dia em que um técnico de guitarra da banda se vestiu como o membro fundador. De imediato, o vocalista não percebeu a diferença e demorou para notar se tratar de uma pegadinha. Ele disse:

- Advertisement -

“Os dois devem ter se planejado por semanas. Não estava esperando aquilo porque estava sério, dizendo: ‘senhor Tony Iommi’, e aí, veio o Andy (o técnico que participou da brincadeira).”

O guitarrista completou:

“Obviamente, ele viu como eu andava e conseguiu fazer tudo com perfeição. Ele vestiu uma de minhas jaquetas, colocou uma peruca, um bigode, saiu e eu tocava atrás deles. Eu tocava e ele estava na frente, ninguém percebeu que era ele.”

Martin só foi notar que não se tratava do Iommi real por um (não tão) simples detalhe: viu que o técnico de som segurava a guitarra de uma maneira diferente, entregando a brincadeira. Pelo vídeo publicado, o sósia usava o instrumento como destro, não como canhoto.

Ainda assim, Andy merece palmas por ter interpretado o guitarrista por um bom tempo até ser descoberto. Veja a seguir.

Leia também:  A banda de metal mais ouvida durante o sexo, segundo estudo

Bill Ward, a vítima preferida das pegadinhas

Essa pegadinha com Tony Martin foi tranquila em relação a algumas formuladas contra Bill Ward. Nestas ocasiões, o baterista passou por maus bocados e chegou a parar no hospital em uma delas.

Em 1972, durante as gravações do álbum “Vol. 4” (1972), Ward dormiu após uma noite de bebedeira e seus colegas o pintaram com tinta dourada. Inicialmente, o baterista levou na esportiva, mas logo passou mal, começou a vomitar e foi preciso chamar a emergência.

Os profissionais de saúde tiveram dificuldade para tirar a tinta do corpo de Ward. Em seguida, deram uma bronca nos membros da banda e disseram que poderiam ter matado o colega.

Oito anos depois, agora nas gravações de “Heaven and Hell” (1980), os músicos colocaram fogo nas roupas de Bill Ward. Mesmo com o baterista rolando no chão para apagá-las, não foi o suficiente e ele parou no hospital com queimaduras de terceiro grau.

Tony Iommi recebeu uma ligação furiosa da mãe de Ward e o avisou de que o colega poderia ter perdido uma das pernas. A partir daí, o grupo decidiu botar um ponto final com as brincadeiras.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesAté Tony Martin era alvo das pegadinhas de Tony Iommi; conheça uma...
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades