Tony Iommi lança “Scent of Dark”, primeira música após o fim do Black Sabbath

Faixa foi gravada em parceria com Sergio Momo, diretor de perfumaria italiana

Saiu a primeira música inédita de Tony Iommi desde o fim do Black Sabbath. “Scent of Dark” é uma parceria com o italiano Sergio Momo, fundador e diretor de criação da perfumaria Xerjoff.

A composição antecipa o lançamento de uma fragrância em homenagem ao guitarrista, que será disponibilizada na próxima semana. O videoclipe da faixa pode ser conferido abaixo.

Composta pelo pai do heavy metal, “Scent of Dark” traz Tony e Momo nas guitarras, Jimmy Crutchley no baixo, Ash Sheehan na bateria, Rebecca Rose no violoncelo e Julianne Bourne no violino. O próprio criador explica:

“Eu tinha esse riff há um bom tempo e nunca fiz nada com ele. Construímos a faixa com bateria programada no início. Então Mike Exeter, o produtor, colocou baixo e teclados nela. A seguir adicionei solos, apenas para dar uma ideia de como soaria. Finalizando, adicionamos as cordas. Eu já tinha trabalhado com seções de cordas em álbuns do Black Sabbath antes, mas essa foi uma experiência totalmente nova.”

Em declaração à Rolling Stone, Tony Iommi explicou por que a música é instrumental.

“Não poderia imaginar quem cantaria nela, simplesmente parecia ideal no formato instrumental. Já tinha a parte principal por um tempo, apenas adicionei algumas novas a ela. Há riffs mais sombrios para que se misturam com a ideia do perfume. Além disso, realmente gostei da ideia de usar alguns violinos, violoncelos e outras coisas do tipo.”

Quanto ao envolvimento com o perfume, o guitarrista apontou que a ideia foi fruto de sua amizade com Sergio Momo.

“É algo que sempre me interessou, desde os primeiros dias de produtos como Brut e Old Spice, que eu sempre recebia no Natal. Porém, assim que comecei a viajar pelo mundo, comecei a descobrir diferentes tipos de fragrâncias de outros países e comecei a colecioná-los. Conheci Sergio através de outro amigo meu. Ele gentilmente me enviou uma caixa com suas fragrâncias e perguntou se estaria interessado em criar uma pessoal, o que eu certamente não esperava. Sergio pediu que eu fizesse uma lista de coisas que gosto do cheiro, desenvolveu algumas amostras diferentes a partir das minhas sugestões e eu escolhi o que gosto.”

Tony Iommi pós-Black Sabbath

Desde o encerramento das atividades do Black Sabbath, Tony Iommi só havia feito duas participações. A primeira ocorreu em 2017, tocando uma peça clássica criada para a Catedral de Birmingham. A outra se deu em 2019, tocando na faixa “Astorolus – The Great Octopus”, do álbum “The Door to Doom”, do Candlemass. O single chegou a ser indicado ao Grammy de Melhor Performance de Metal em 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
82
Share