Foto: divulgação

KK’s Priest, com K.K. Downing e Tim “Ripper” Owens, lança a música “Sermons of the Sinner”

Faixa, que chega com videoclipe, é a responsável por intitular novo álbum

O KK’s Priest liberou a nova música “Sermons of the Sinner”, junto de videoclipe, nas plataformas digitais. A faixa integra o álbum de mesmo título, estreia da banda, que será disponibilizado no próximo dia 10 de agosto, via Explorer1 Music Group/EX1 Records.

A banda conta com dois ex-integrantes do Judas Priest: o guitarrista K.K. Downing e o vocalista Tim “Ripper” Owens, junto de A.J. Mills (Hostile) na guitarra, Tony Newton (Voodoo Six) no baixo e Sean Elg (Deathriders, Cage) na bateria.

Sobre a faixa inédita, Downing diz:

“A faixa-título ‘Sermons of the Sinner’ resume todo o álbum em uma única canção. É abrangente com sua homenagem à história do nosso amado gênero musical, ao mesmo tempo em que atualiza os detalhes para o público de hoje. Na música e no clipe, não apenas estendemos nossa humilde gratidão aos fãs leais de rock clássico e metal, mas também apresentamos um aviso sutil sobre o futuro do gênero. Estamos muito esperançosos de que a música e o álbum ‘Sermons of the Sinner’ inspirem músicos jovens e mais velhos a pegarem seus instrumentos e manterem vivo o rock do qual tantos de nós nos tornamos parte, e que se tornou uma parte de nós.”

Assista ao videoclipe de “Sermons of the Sinner”:

Confira, também, a música “Hellfire Thunderbolt”, divulgada anteriormente como single:

Em material de divulgação, K.K. Downing afirma que criou o KK’s Priest como forma de celebrar o legado do Judas Priest, banda que completou 50 anos de existência. A ideia é trazer o projeto para os palcos, tocando músicas autorais desse álbum de estreia e clássicos do grupo original.

Membro fundador do Judas Priest, K.K. Downing saiu da banda em 2011, alegando que iria se aposentar. Após isso, abriu uma espécie de resort de golfe, mas o empreendimento foi à falência.

Em 2018, o guitarrista demonstrou chateação ao não ser convidado para ocupar a vaga de Glenn Tipton na turnê do álbum “Firepower“. O colega de Downing ficou afastado das apresentações devido a um estágio já avançado de Parkinson, mas quem ocupou a função dele foi o produtor Andy Sneap.

Tim “Ripper” Owens, por sua vez, fez parte do Judas Priest entre 1996 e 2003, substituindo Rob Halford. Ele gravou os álbuns “Jugulator” (1997) e “Demolition” (2001). Já Les Binks integrou a banda entre 1977 e 1979, participando dos discos “Stained Class” (1978) e “Killing Machine” (1978).

O baterista Les Binks, que integrou o Judas Priest de 1977 a 1979 e gravou os álbuns “Stained Class” (1978) e “Killing Machine” (1978), também estaria no KK’s Priest. Todavia, ele precisou ser afastado devido a uma lesão no punho, sendo substituído por Sean Elg.

O single está em minha playlist de lançamentos, atualizada semanalmente. Siga e dê o play:

KK’s Priest – “Sermons of the Sinner”

  1. Incarnation
  2. Hellfire Thunderbolt
  3. Sermons of the Sinner
  4. Sacerdote Y Diablo
  5. Raise Your Fists
  6. Brothers of the Road
  7. Metal Through and Through
  8. Wild and Free
  9. Hail for the Priest
  10. Return of the Sentinel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share