O ator de “Breaking Bad” que planejou morte para família receber seu seguro de vida

Artista foi o responsável por viver um dos vilões mais marcantes da série e quase tomou a decisão extrema para ajudar financeiramente a família

Giancarlo Esposito foi o responsável por interpretar o vilão Gus Fring em “Breaking Bad”, papel responsável por alavancar sua carreira. Sua atuação foi tão marcante que é difícil imaginar outro rosto interpretando o traficante de drogas.

Porém, isso poderia não ter acontecido. Em uma ocasião, o artista planejou a própria morte para enganar o seguro de vida.

- Advertisement -

Em entrevista ao sistema de rádio americano Sirius XM, transcrita pela People, Esposito disse que pouco antes de aparecer em “Breaking Bad”, estava próximo da falência. Como é pai de quatro filhas, logo se preocupou em como iria conseguir sustentá-las.

Foi quando o ator cogitou tirar a própria vida para que sua família recebesse o dinheiro pago pelo seguro de vida. Na ficção, um objetivo semelhante movia Walter White, protagonista de “Breaking Bad” (e inimigo de Fring) ao se tornar produtor de metanfetamina.

Leia também:  O show gratuito que quase acabou com o Van Halen em 1991

“Meu cérebro pensava: ‘Ei, será que quem comete suicídio consegue o seguro de vida? Eles conseguem o pão de cada dia?’ Minha esposa não tinha a mínima ideia do porquê de eu ficar perguntando isso. Eu comecei a me planejar. Se conseguisse alguém para me tirar da jogada, uma morte por desventura, minhas filhas conseguiriam o seguro.”

O artista completou:

“Tenho quatro filhas. Queria que elas tivessem uma vida. Foi um momento difícil. Eu literalmente pensei em autoextermínio para que elas pudessem sobreviver. Assim era o quão baixo eu estava.”

Giancarlo Esposito e “Breaking Bad”

Felizmente, Giancarlo Esposito logo desistiu da ideia sombria. Em seguida, o ator afirmou que se tivesse tirado a própria vida, a dor seria ainda maior para sua família.

Leia também:  Brian May surpreende ao escolher o melhor riff do Deep Purple

Além disso, “Breaking Bad” foi a salvação para seus problemas financeiros e o tirou do fundo do poço. Ele disse:

“Não seria viável, já que a dor que causaria para elas seria pro resto de suas vidas. A luz no fim do túnel foi ‘Breaking Bad’.”

** No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV), associação civil sem fins lucrativos, oferece apoio emocional e prevenção do suicídio, gratuitamente, 24 horas por dia. Qualquer pessoa que queira e precise conversar, pode entrar em contato com o CVV, de forma sigilosa, pelo telefone 188, além de e-mail, chat e Skype, disponíveis no site www.cvv.org.br.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO ator de “Breaking Bad” que planejou morte para família receber seu...
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades