A banda que seguiu os passos do Pink Floyd, segundo David Gilmour

Guitarrista e vocalista se declarou fã, mencionando segundo álbum do grupo como seu favorito

A influência do Pink Floyd no cenário da música popular das últimas décadas é inegável. Do pop ao metal, a banda serviu de inspiração para uma série de inovações e quebras de paradigmas, tal qual fez em seus momentos mais relevantes.

­

- Advertisement -

Sendo assim, fica fácil identificar os possíveis sucessores dos britânicos. Em entrevista de 2006 à Rolling Stone, o guitarrista e vocalista David Gilmour citou um nome específico ao ser questionado sobre quem assumiria seu manto.

Conforme resgate do Far Out Magazine, ele declarou:

“Não sei sobre assumir o manto, mas há muitas pessoas que tentaram muito levar a música para uma direção diferente e seguir seu próprio caminho. Há o Radiohead, obviamente.”

Não foi a primeira vez que o terceiro líder do grupo mencionou Thom Yorke e companhia. Em 1999, quando o mundo ainda estava impactado pelo álbum “OK Computer”, o músico falou à revista Q:

“Sou fã do Radiohead. Eles são muito bons. Na verdade, prefiro o anterior a ‘OK Computer’. Como se chama? ‘The Bends’, isso mesmo.”

Radiohead, “The Bends” e “OK Computer”

Lançado em 1995, “The Bends” rompeu paradigmas estabelecidos no debut do Radiohead, “Pablo Honey” (1993). Propositalmente, o grupo se afastou da cena britpop, investindo em influências indie e alternativas.

Leia também:  A surpreendente razão pela qual Ian Anderson não ouve mais rock

Seu sucessor, “OK Computer” (1997), mergulhou no art rock e no progressivo, sendo mencionado inúmeras vezes como o grande disco do final do século passado – posição que ocupa até os dias atuais.

David Gilmour, Pink Floyd e mais

Nascido em Cambridge, Inglaterra, David Jon Gilmour se interessou por música desde a infância. Incentivado pelos pais, aprendeu a tocar guitarra com ajuda de um livro e seus discos.

Paralelamente aos primeiros passos com a banda Jokers Wild, realizou alguns trabalhos como modelo para se sustentar.

Em 1967 foi convidado a se juntar ao Pink Floyd, inicialmente ajudando a cobrir os lapsos de Syd Barrett ao vivo. Acabou substituindo o amigo de infância. A partir da metade dos anos 1980 se tornou o líder do grupo, posição sustentada até o final.

Leia também:  O grande problema do Rush em “Grace Under Pressure”, segundo Geddy Lee

Lançou discos solo, além de participar de trabalhos com Paul McCartney, Kate Bush, The Who, B.B. King, Paul Rodgers e Elton John, entre vários outros.

Integrante do Labour Party, posicionou-se defensor da causa palestina e se declarou socialista em entrevista à Mojo Magazine no ano de 2008.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA banda que seguiu os passos do Pink Floyd, segundo David Gilmour
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades