Fabelmans, Elvis e mais: os vencedores do Globo de Ouro 2023

Filmes “Os Banshees de Inisherin”, “Os Fabelmans” e “Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo” foram os mais vitoriosos; séries “Abbott Elementary” e “The White Lotus” também se destacaram

A Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) entregou na última terça-feira (10) os troféus do Globo de Ouro 2023. A premiação, ocorrida na Califórnia, nos Estados Unidos, é uma das mais importantes da TV e do cinema.

Entre os filmes indicados, receberam destaque “Os Fabelmans”, que ganhou as categorias Melhor Filme de Drama e Melhor Direção (para Steven Spielberg), e “Os Banshees de Inisherin”, vencedor de Melhor Filme de Comédia ou Musical, Melhor Roteiro (para Martin McDonagh) e Melhor Ator em Comédia ou Musical (para Colin Farrell). “Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo” conquistou Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical (para Michelle Yeoh) e Melhor Ator Coadjuvante em Filme (para Ke Huy Quan).

- Advertisement -

Já em relação às produções televisivas, a sitcom “Abbott Elementary” saiu vitoriosa em Melhor Série de Comédia, Melhor Atriz em Série de Comédia (para Quinta Brunson) e Melhor Ator Coadjuvante (para Tyler James Williams). Outro notoriedade foi a segunda temporada de “The White Lotus”, que levou os prêmios de Melhor Minissérie ou Antologia e Melhor Atriz Coadjuvante (para Jennifer Coolidge).

Austin Butler venceu a categoria de Melhor Ator de Drama por seu papel em “Elvis”. Disputavam o prêmio Brendan Fraser, por “A Baleia”, Hugh Jackman, por “Um Filho”, Bill Nighy, por “Living”, e Jeremy Pope, por “The Inspection”. Em seu discurso, Butler agradeceu aos colegas de equipe, à ex-esposa e filha de Presley e ao próprio Rei do Rock em seu discurso.

“Obrigado por abrirem seus corações, suas memórias, sua casa para mim. Lisa Marie e Priscilla, eu amo vocês para sempre. Por fim, quero agradecer ao próprio Elvis Presley, você é um ícone e um rebelde, eu te amo muito.”

Globo de Ouro 2023

O Globo de Ouro 2023 não teve transmissão oficial no Brasil, geralmente realizada pelo canal TNT. A 80ª edição marcou o retorno do evento à televisão, que em 2022 não pôde ser assistido pelo público após polêmicas envolvendo racismo e falta de diversidade no júri. Confira todos os vencedores abaixo:

Melhor filme – DRAMA

  • Avatar: O caminho da água
  • Elvis
  • Os Fabelmans (vencedor)
  • Tár
  • Top Gun: Maverick 

MELHOR FILME – COMÉDIA/MUSICAL

  • Babilônia
  • Os Banshees de Inisherin (vencedor)
  • Tudo em todo lugar ao mesmo tempo
  • Glass Onion: Um Mistério Knives Out
  • Triângulo da tristeza

MELHOR SÉRIE DE TV – DRAMA

  • Better Call Saul
  • The Crown
  • A Casa do Dragão (vencedor)
  • Ozark
  • Ruptura 

MELHOR SÉRIE DE TV – COMÉDIA/MUSICAL

  • Abbott Elementary (vencedor)
  • O Urso
  • Hacks
  • Only Murders in the Building
  • Wandinha

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE TV – DRAMA

  • Jeff Bridges, The Old Man
  • Kevin Costner, Yellowstone (vencedor)
  • Diego Luna, Andor
  • Bob Odenkirk, Better Call Saul
  • Adam Scott, Ruptura

MELHOR SÉRIE LIMITADA, SÉRIE ANTOLÓGICA OU TELEFILME

  • Black Bird
  • Dahmer: Um Canibal Americano
  • Pam & Tommy
  • The Dropout
  • The White Lotus (vencedor)

MELHOR ATOR EM SÉRIE LIMITADA, SÉRIE ANTOLÓGICA OU TELEFILME

  • Taron Egerton – Black Bird
  • Colin Firth – A Escada
  • Andrew Garfield – Em nome do céu
  • Evan Peters – Dahmer: Um Canibal Americano (vencedor)
  • Sebastian Stan – Pam & Tommy

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE LIMITADA, SÉRIE ANTOLÓGICA OU TELEFILME

  • Jessica Chastain – George and Tammy
  • Julia Garner – Inventando Anna
  • Lily James – Pam & Tommy
  • Julia Roberts – Gaslit
  • Amanda Seyfried – The Dropout (vencedor)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE LIMITADA, SÉRIE ANTOLÓGICA OU TELEFILME

  • Jennifer Coolidge – “The White Lotus” (vencedor)
  • Claire Danes – ” A Nova Vida de Toby”
  • Daisy Edgar-Jones – “Em nome do céu”
  • Niecy Nash-Betts – “Dahmer: Um Canibal Americano”
  • Aubrey Plaza – “The White Lotus”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE LIMITADA, SÉRIE ANTOLÓGICA OU TELEFILME

  • F. Murray Abraham – “The White Lotus”
  • Domhnall Gleeson – “O paciente”
  • Paul Walter Hauser – “Black Bird” (vencedor)
  • Richard Jenkins – “Dahmer: Um Canibal Americano”
  • Seth Rogen – “Pam & Tommy”

MELHOR DIRETOR

  • James Cameron – “Avatar: O caminho da água”
  • Daniel Kwan e Daniel Scheinert – “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”
  • Baz Luhrmann – “Elvis”
  • Martin McDonagh – “Os Banshees de Inisherin”
  • Steven Spielberg – “Os Fabelmans” (vencedor)

MELHOR ROTEIRO

  • Todd Field, “Tár”
  • Tony Kushner & Steven Spielberg, “Os Fabelmans”
  • Daniel Kwan, Daniel Scheinert, “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo”
  • Martin McDonagh, “Os Banshees de Inisherin” (vencedor)
  • Sarah Polley, “Entre mulheres”
Leia também:  Tommy Lee posta montagem obscena como piada a atentado contra Trump e divide opiniões

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

  • “RRR” (Índia)
  • “Nada de novo no front” (Alemanha)
  • “Argentina, 1985” (Argentina) (vencedor)
  • “Close” (Bélgica)
  • “Decision to leave” (Coreia do Sul)

MELHOR ATRIZ EM FILME – DRAMA

  • Cate Blanchett – “Tár” (vencedor)
  • Olivia Colman – “Império da luz”
  • Viola Davis – “A mulher rei”
  • Ana de Armas – “Blonde”
  • Michelle Williams – “Os Fabelmans”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA-MUSICAL OU DRAMA

  • Elizabeth Debicki – “The Crown”
  • Hannah Einbinder – “Hacks”
  • Julia Garner – “Ozark” (vencedor)
  • Janelle James – “Abbott Elementary”
  • Sheryl Lee Ralph – “Abbott Elementary”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE TV – DRAMA

  • Emma D’arcy – “A casa do dragão”
  • Laura Linney – “Ozark”
  • Imelda Staunton – “The Crown”
  • Hilary Swank – “Alasca: Em Busca da Notícia”
  • Zendaya – “Euphoria” (vencedor)

MELHOR ATOR EM FILME – DRAMA

  • Austin Butler – “Elvis” (vencedor)
  • Brendan Fraser – “A baleia”
  • Hugh Jackman – “O filho”
  • Bill Nighy – “Living”
  • Jeremy Pope – “The inspection”

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

  • “Pinóquio” (vencedor)
  • “Inu-Oh”
  • “Marcel the Shell with Shoes On”
  • “Gato de Botas 2: O Último Pedido”
  • “Red: Crescer é uma Fera”

MELHOR ATRIZ EM FILME – COMÉDIA/MUSICAL

  • Margot Robbie – “Babilônia”
  • Anya Taylor-Joy – “O Menu”
  • Emma Thompson – “Boa sorte, Leo Grande”
  • Lesley Manville – “Sra. Harris vai a Paris”
  • Michelle Yeoh – “Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo” (vencedor)

MELHOR ATOR EM FILME – COMÉDIA/MUSICAL

  • Diego Calva, “Babilônia”
  • Daniel Craig, “Glass Onion: Um Mistério Knives Out”
  • Adam Driver, “Ruído branco”
  • Colin Farrell, “Os Banshees de Inisherin” (vencedor)
  • Ralph Fiennes, “O Menu”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE TV – COMÉDIA/MUSICAL

  • Quinta Brunson – “Abbott Elementary” (vencedor)
  • Kaley Cuoco – “The Flight Attendant”
  • Selena Gomez – “Only Murders in the Building”
  • Jenna Ortega – “Wandinha”
  • Jean Smart – “Hacks”

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE TV – COMÉDIA/MUSICAL

  • Donald Glover – “Atlanta”
  • Bill Hader – “Barry”
  • Steve Martin – “Only Murders in the Building”
  • Martin Short – “Only Murders in the Building”
  • Jeremy Allen White – “O Urso” (vencedor)

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL EM FILME

  • “Carolina” Taylor Swift (“Um Lugar Bem Longe Daqui”)
  • “Ciao Papa”, Guillermo del Toro & Roeban Katz (“Pinóquio”)
  • “Hold My Hand”, Lady Gaga and Bloodpop (“Top Gun: Maverick”)
  • “Lift Me Up”, Tems, Ludwig Göransson, Rihanna and Ryan Coogler (“Pantera Negra: Wakanda para sempre”)
  • “Naatu Naatu”, Kala Bhairava, M. M. Keeravani, Rahul Sipligunj (“RRR”) (vencedor)

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL EM FILME

  • Alexandre Desplat, “Pinóquio”
  • Hildur Guðnadóttir, “Entre mulheres”
  • Justin Hurwitz, “Babilônia” (vencedor)
  • John Williams, “Os Fabelmans”
  • Carter Burwell, “Os Banshees de Inisherin”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA-MUSICAL OU DRAMA

  • John Lithgow – “The Old Man”
  • Jonathan Pryce – “The Crown”
  • John Turturro – “Ruptura”
  • Tyler James Williams – “Abbott Elementary” (vencedor)
  • Henry Winkler – “Barry”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM FILME

  • Angela Bassett, “Pantera Negra: Wakanda para sempre” (vencedor)
  • Kerry Condon, “Os Banshees de Inisherin”
  • Jamie Lee Curtis, “Tudo em todo Lugar ao mesmo tempo”
  • Dolly De Leon, “Triângulo da tristeza”
  • Carey Mulligan – “Ela disse”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM FILME

  • Brendan Gleeson, “Os Banshees de Inisherin”
  • Ke Huy Quan, “Tudo em todo lugar ao mesmo tempo” (vencedor)
  • Barry Keoghan, “Os Banshees de Inisherin”
  • Brad Pitt, “Babilônia”
  • Eddie Redmayne, “O enfermeiro da noite”

MELHOR FILME – DRAMA

  • “Avatar: O caminho da água”
  • “Elvis”
  • “Os Fabelmans” (vencedor)
  • “Tár”
  • “Top Gun: Maverick”

*Texto por Maria Eloisa Barbosa.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasFabelmans, Elvis e mais: os vencedores do Globo de Ouro 2023
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades