Fafá de Belém critica Rock in Rio por não incluir artistas do Norte em seu lineup

Próxima edição do evento terá data destinada exclusivamente à música nacional, no dia 21 de setembro

Na última segunda-feira (29), a organização do Rock in Rio anunciou o lineup de 21 de setembro, seu penúltimo dia. Denominada Dia Brasil (confira detalhes completos clicando aqui), a data promete unir diversos artistas brasileiros em prol de uma causa beneficente.

Da MPB ao Sertanejo, do Trap ao Samba, do Rock ao Funk, passando por outros ritmos, a data terá apresentações de Capital Inicial, Pitty, Luan Santana, Ana Castela, Daniela Mercury, Ney Matogrosso, Filipe Ret, MC Ryan SP, Chitãozinho & Xororó, Junior, Gloria Groove, Jão, Alcione, Zeca Pagodinho, Criolo, Djonga, Leila Pinheiro, Wanda Sá, Claudio Zoli, Hyldon, Jonathan Ferr, Antônio Adolpho, MC Dricka, MC Livinho, Nathan Amaral, Orquestra Jovem Da Sinfônica Brasileira, Kevin O Chris, MC Carol, Mochakk, entre outros.

- Advertisement -

No total, 72 cantores farão parte do evento neste dia, que também terá iniciativa beneficente. O festival promete atuar para chamar a atenção para duas das maiores causas urgentes no país hoje: o combate à fome e a superação da pobreza, em parceria com as ONGs Ação da Cidadania, desde já recebendo a doação de 1,5 milhão de pratos de comida, e Gerando Falcões, que por meio do projeto Favela 3D vai transformar a vida de 250 famílias nas regiões do Buraco e Sessenta do Morro da Providência.

Porém, nem todos gostaram da ação. Em seu Instagram, a cantora Fafá de Belém criticou a falta de artistas da Região Norte na escalação.

“A Amazônia não faz parte do Brasil? A cultura amazônica, nortista, não é parte deste país? Onde está Dona Onete, Gaby Amarantos, vencedora do Grammy, Joelma, Aíla, onde estou eu? Onde está o carimbó, o siriá, o boi bumbá, o Caprichoso, o Garantido, Manoel cordeiro, Felipe Cordeiro, Joelma Klaudia, gangue do eletro, aparelhagens (Carabao, Crocodilo, Tupinamba), Nilson Chaves, Arthur Nogueira, Suraras do Tapajos, Kae Guajajara, as guitarradas do Pará, o tecnobrega, artistas indígenas e TANTOS OUTROS que levam a cultura do norte no seu sangue e na sua vida? O Norte será sempre visto como peça decorativa de festas da elite.”

“Exigimos respeito!”

A artista ainda encerrou sua manifestação fazendo uma cobrança à organização do festival.

“É muito triste sentir na pele a força da realidade batendo na nossa cara. O maior festival de música do país tem um DIA BRASIL e nos coloca da porta pra fora. Mais uma vez nos provam que o norte continua sendo um artigo folclórico usado como e quando querem, pra uma imagem cool. Pertencimento é muito diferente do uso por conveniência. Nós aprendemos isso a duras penas, e exigimos respeito!”

Nos comentários, nomes citados e outros representantes locais manifestaram apoio à queixa.

Leia também:  Pearl Jam declara apoio a mulher agredida por soldado na Irlanda

Distribuição das atrações

O lema da edição deste ano do festival, “Rock in Rio, 40 anos e para sempre”, vai ser um dos destaques da divisão do lineup. Cada palco recebe diversas apresentações que são divididas pelos estilos musicais. Durante as performances, os artistas farão apresentações com momentos que contam com todos juntos e individuais.

No Palco Mundo, acontecem os shows de:

  • Capital Inicial, Detonautas, NX Zero, Pitty, Rogério Flausino e Toni Garrido no chamado “Para Sempre: Rock”;
  • em “Para Sempre: Sertanejo”, Chitãozinho & Xororó se unem à Orquestra Heliópolis em uma apresentação inédita com os convidados Ana Castela, Junior, Luan Santana e Simone Mendes;
  • no “Para Sempre: MPB” acontecem performances de Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Majur, BaianaSystem, Ney Matogrosso e Margareth Menezes;
  • para o “Para Sempre: Trap” o festival anunciou MC Cabelinho, Kayblack, Matuê, Orochi, Filipe Ret, MC Ryan SP e Veigh.

No Palco Sunset:

  • o “Para Sempre: POP” contará com shows de Duda Beat, Gloria Groove, Jão, Ludmilla, Lulu Santos e Luísa Sonza;
  • no “Para Sempre: Samba”, Zeca Pagodinho e sua banda, convidaram para subir ao palco Alcione, Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Maria Rita e Xande De Pilares;
  • já no “Para Sempre: Rap”, Criolo, Djonga, Karol Conká, Marcelo D2 e Rael são os artistas confirmados.

Enquanto isso, o Global Village recebe:

  • o “Para Sempre: Bossa Nova” com Bossacucanova com participação de Cris Delanno, Leila Pinheiro, Roberto Menescal e Wanda Sá;
  • o “Para Sempre: Soul” com Banda Black Rio, Claudio Zoli e Hyldon;
  • e o “Para Sempre: Jazz” com Leo Gandelman, Jonathan Ferr, Antônio Adolpho e Joabe Reis.

No Espaço Favela acontece:

  • o “Para Sempre: Funk” com shows de MC Don Juan, MC Hariel, MC IG, MC Livinho, MC Dricka, MC Ph;
  • o “Para Sempre: Música Clássica” com Nathan Amaral e Orquestra Jovem Da Sinfônica Brasileira;
  • e o “Para Sempre: Baile Funk” com Buchecha, Funk Orquestra, MC Carol, Tati Quebra Barraco, Cidinho E Doca e Kevin O Chris.

Por fim, o New Dance Order recebe:

  • o “Para Sempre: Eletrônica” com os DJs Mochakk, Beltran X Classmatic, Eli Iwasa X Ratier e Maz X Antdot.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasFafá de Belém critica Rock in Rio por não incluir artistas do...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades