Rolling Stones sentiam inveja dos Beatles, admite Keith Richards

Estouro com single de estreia fez a banda de Liverpool conseguir os holofotes primeiro; músicos de Londres sabiam que precisariam adotar sonoridade mais pop para fazer sucesso

Apesar de a rivalidade entre as duas bandas ter sido muito mais alimentada por público e crítica, não dá para simplesmente desconectar as carreiras dos Beatles e dos Rolling Stones. Os segundos tiveram grande auxílio dos primeiros para o estouro.

Inclusive, uma composição de Lennon e McCartney (“I Wanna Be Your Man”) projetou os Stones no mercado. Com o passar dos anos, entre homenagens e alfinetadas, a amizade prevaleceu.

Porém, Mick Jagger e Keith Richards admitem que sentiam certa inveja dos colegas. As declarações foram dadas à minissérie documental “My Life as a Rolling Stone”, da BBC (via Express).

De acordo com o guitarrista, ver os quatro rapazes de Liverpool se dando bem com as próprias composições o fez entender o que era preciso para levar o trabalho adiante e tirar o pé da lama.

“Estávamos na cena de clubes em Londres. De repente, os Beatles surgem com ‘Love Me Do’ e ela se torna um hit. Na hora sentimos que era uma ótima música.”

Jagger afirma que o estouro fez com que os Stones redirecionassem sua proposta.

“O sucesso dos Beatles mudou o jogo. À época, éramos uma banda de blues. Keith passou a escutá-los o tempo todo, aquilo me enlouquecia. Ele queria e sabia que precisávamos adotar uma sonoridade mais pop para nos darmos bem.”

“Sentíamos inveja”

Keith Richards reconhece ter sido motivado por um dos pecados capitais em busca do sucesso.

“Sentíamos inveja, eles estavam alcançando o que buscávamos. O objetivo de todos à época era entrar em estúdio e gravar um disco. Era como encontrar a mina de ouro.

Já éramos conhecidos como a melhor banda de R&B em Londres, mas precisávamos dar um passo adiante.”

Rolling Stones, do blues ao rock

Os primeiros discos do Rolling Stones eram focados em versões de blues. A banda só deu o salto definitivo rumo ao estrelato quando Jagger e Richards tomaram a liderança das mãos de Brian Jones e direcionaram a sonoridade ao rock.

Polêmicas à parte – incluindo as discussões que levaram Jones ao limite mental e consequente morte –, a dupla transformou o grupo no fenômeno que é até hoje.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
32
Share