Beatles são melhores que Rolling Stones? O que dizem Paul McCartney e Mick Jagger

Artistas “concordaram em discordar”, cada um favorecendo sua própria banda

Há uma espécie de “rivalidade” entre Beatles e Rolling Stones que os fãs alimentam, mas que os músicos não costumam abordar – ao menos na maioria das vezes, já que Paul McCartney e Mick Jagger deram opiniões peculiares, recentemente, sobre qual das bandas seria melhor.

A “rixa” nunca existiu de fato. Os próprios integrantes dos Beatles diziam que viam mais os Beach Boys em uma possível “competição”, já que os Stones exploravam outra imagem e uma sonoridade diferente.

Todavia, em entrevista ao radialista Howard Stern, em 2020, Paul McCartney resolveu colocar um pouquinho de lenha na fogueira ao dizer por que, em sua opinião, os Beatles são melhores que os Rolling Stones.

Tudo começou por “culpa” de Stern, que que sugeriu que os Beatles eram uma banda melhor que os Rolling Stones. McCartney, no mínimo, não discordou.

“Você sabe que vai me persuadir a concordar com isso (risos).”

Em seguida, ele explicou por que os Beatles foram melhores, na visão dele. A resposta está centrada em um ponto básico: diversidade musical.

“Eles (Rolling Stones) estão enraizados no blues. Quando eles compõem algo, têm que ter a ver com blues. Nós tivemos um pouco mais de influências. Há muitas diferenças e eu amo os Stones, mas estou contigo: os Beatles foram melhores.”

Howard Stern comentou, então, que os Rolling Stones tentaram fazer seu próprio “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” (1967), clássico dos Beatles, ao lançar “Their Satanic Majesties Request”, no mesmo ano.

“Começamos a perceber que tudo que fazíamos, os Stones tentavam fazer logo em seguida. Fomos à América e tivemos muito sucesso. Então, os Stones foram à América. Fizemos ‘Sgt. Pepper’, os Stones fizeram um disco psicodélico. Tem muito disso.”

Apesar do comentário, Paul não deseja qualquer tipo de treta com os Stones.

“Fomos grandes amigos, meio que ainda somos. Temos uma admiração mútua. Os Stones são uma banda fantástica. Sempre vou assistir aos shows deles quando estão por aí. É uma grande banda.”

Beatles ou Rolling Stones, segundo Mick Jagger

A declaração de Macca rendeu tantos comentários na época que Mick Jagger acabou sendo convidado a falar sobre o assunto. Em entrevista ao podcast de Zane Lowe, o cantor dos Rolling Stones, é claro, discordou elegantemente do colega.

“Isso é tão engraçado! Ele é amável. Obviamente, não há competição (risos). A diferença é – falando seriamente – que os Rolling Stones são uma grande banda de shows em outras décadas e outras áreas enquanto os Beatles nunca fizeram uma turnê de arenas.”

Jagger destacou que os Beatles nunca puderam tocar, por exemplo, em um local como Madison Square Garden – arena famosa em Nova York, nos Estados Unidos – com um “sistema de som decente”.

“Eles acabaram antes desse negócio de grandes turnês começar. Não começou antes do fim dos anos 1960. A primeira grande turnê foi lá em 1969.”

O vocalista apontou a maior distinção entre Beatles e Rolling Stones, na visão dele.

“Os Beatles faziam um ótimo show. Eu estive em um deles, no Shea Stadium (em Nova York). Mas quando os Stones seguiu, começamos a fazer shows em estádios nos anos 1970 e fazemos até hoje. A grande diferença entre essas duas bandas é: uma banda está, inacreditavelmente e com sorte, ainda tocando em estádios. E a outra banda não existe.”

Jagger ainda fez um comentário à parte sobre o início das grandes turnês.

“Acho que o Led Zeppelin e o Pink Floyd eram as outras duas bandas que faziam essas grandes turnês quase que no mesmo período. Zeppelin e nós fazíamos grandes shows em grandes arenas, Pink Floyd tocava em grandes estádios e assim por diante. Existiam outras bandas nesse sentido.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
25
Share