Petição para tirar Amber Heard de “Aquaman 2” ultrapassa 3,5 milhões de assinaturas

Ex-mulher de Johnny Depp está agora no banco dos réus; ator pede indenização de US$ 50 milhões por difamação após artigo escrito pela atriz

Há quase um mês o mundo das celebridades de Hollywood está com as atenções voltadas para um tribunal em Virgínia, nos Estados Unidos, onde está sendo julgado o processo de difamação iniciado pelo ator Johnny Depp contra a ex-mulher, a atriz Amber Heard. Com novidades a cada dia, fãs do astro pedem o “cancelamento” da artista e uma petição com mais de 3,5 milhões de assinaturas a quer fora do filme “Aquaman 2”.

Em 2018, Amber publicou um artigo de opinião no jornal Washington Post no qual relatava violência doméstica vivida por ela enquanto foi casada com o ator, de 2015 a 2017. Segundo o próprio Depp, que também é músico, e seus apoiadores, isso custou a ele a participação em “Piratas do Caribe 5” e sua continuação no elenco de “Animais Fantásticos”.

Porém, policiais que atenderam à ocorrência citada pela atriz relataram não ter encontrado provas de que Depp havia mesmo a agredido, o que o levou a mover esse processo por difamação pedindo US$ 50 milhões.

Jeanne Larson, uma fã de Johnny, criou ainda em 2020 uma petição no Change.org com o nome: “Faça a coisa certa. Retire Amber Heard de ‘Aquaman 2’”.

A meta da campanha, como o nome indica, é pressionar até que o diretor James Wan dispense Amber Heard do longa, no qual ela interpreta a princesa Mera. As filmagens da produção foram concluídas em janeiro.

No texto que acompanha a iniciativa, Jeanne Larson diz que foi motivada a criar a petição pelas alegações de que Amber cometia violência doméstica contra o ex-marido.

“Os homens são vítimas de abuso doméstico, assim como as mulheres. Isso deve ser reconhecido e ações devem ser tomadas para evitar que um agressor conhecido seja celebrado na indústria do entretenimento.”

Até o momento, nenhum envolvido se manifestou sobre a possibilidade de Heard ser retirada do elenco da produção. A expectativa é que o julgamento do caso de difamação tenha seu veredicto daqui uma a duas semanas.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share