O efeito de Josh Kiszka ter se assumido LGBTQ+ no novo álbum do Greta Van Fleet

Segundo o baixista Sam Kiszka, vocalista já indicava que queria se abrir por meio de letras mais pessoais em "Starcatcher"

O vocalista do Greta Van Fleet, Josh Kiszka, assumiu publicamente em junho que está numa relação homoafetiva há oito anos. A relação do cantor com sua sexualidade e seu desejo de compartilhar essa informação com o mundo, contudo, já teria se manifestado durante o processo de composição do novo álbum da banda, “Starcatcher”, marcado para sair no próximo dia 21.

Em entrevista ao programa “Kyle Meredith With…” (via Rock Celebrities), o baixista do grupo e irmão de Josh, Sam Kiszka, discutiu a forma como Josh abordou temas mais pessoais desta vez.

- Advertisement -

“Tinham algumas coisas mais pessoais que Josh meio que começou a compor sobre nesse disco, que eu acho bem interessante; não só porque acho que ele está no seu auge literário como letrista e escritor, mas também porque ele está tomando algumas perspectivas diferentes. Ele usa suas próprias, e elas são únicas.”

O músico destacou, ainda, o quão única pode ser a visão do Greta Van Fleet.

“Existem pouquíssimas pessoas no mundo em posição semelhante à nossa. Temos a oportunidade de falar sobre nossas próprias descobertas e nossas próprias aventuras enquanto as aplicamos a uma escala muito maior. Então acho que algumas das letras são de outro nível nesse disco.”

Leia também:  Deep Purple toca “Smoke on the Water” no lago que inspirou a música — e com fogo no céu

No dia 20 de junho, Josh Kiszka publicou em seu Instagram um texto em que revela pertencer à comunidade LGBTQIAPN+. O frontman explicou a razão para decidir se assumir publicamente como uma resposta à onda de preconceito conservador onde mora. Ele escreveu:

“Onde estabeleci meu lar, no Tennessee (Estados Unidos), legisladores estão propondo leis que ameaçam a liberdade de amar. É imperativo que eu fale a minha verdade não apenas para mim, mas na esperança de mudar corações, mentes e leis no Tennessee e além.

Essas questões estão particularmente próximas do meu coração pois estou numa relação homoafetiva há oito anos. Aqueles próximos de mim sabem disso, mas é importante para mim compartilhar isso publicamente.”

https://www.instagram.com/p/CtuGt0vrVfN/?igshid=MzRlODBiNWFlZA%3D%3D

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasO efeito de Josh Kiszka ter se assumido LGBTQ+ no novo álbum...
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades