Com “Rush!”, Måneskin pavimenta seu caminho no mainstream

Apesar de problemas ao montar tracklist, terceiro álbum da banda italiana se apoia em sonoridade enérgica e muito mercadológica

Desde a vitória no Eurovision em 2021, o Måneskin viu sua relevância aumentar exponencialmente. Com o sucesso estrondoso do cover “Beggin’”, canção viral no TikTok, a banda italiana chegou ao mainstream e de quebra conquistou o mercado americano. E é justamente a essência desta transição mercadológica que marca o som de “Rush!”, terceiro e mais recente álbum da banda, lançado na nesta sexta-feira (20). 

Produzido majoritariamente em Los Angeles por Max Martin — lembrado por colaborações com grandes nomes do pop como Britney Spears, Katy Perry e Backstreet Boys —, “Rush!” se afasta da sonoridade mais pesada de seu antecessor, “Teatro d’ira: Vol. I” (2021). Aqui, a ideia é apresentar um pop rock mais flexível ao mercado internacional.

- Advertisement -

Altos e baixos

A abertura fica a cargo das enérgicas “Own My Mind” e “Gossip” (com participação de Tom Morello), que têm potencial para entrar nos repertórios de shows. A balada “Timezone” dá continuidade, mas se mostra um pop genérico quando comparada à grandeza de músicas mais antigas como “Coraline” e “Torna Casa”, também lentas e que ocupam a mesma posição nas tracklists dos álbuns anteriores.

Bebendo da fonte do punk rock britânico, “Bla Bla Bla” soa deslocada não apenas no lado A do trabalho, mas em toda a obra do Måneskin. Em meio a brilhantes composições do vocalista Damiano David, esta parece ter sido escrita por um adolecente transgressor para sua banda de garagem. A faixa é sustentada por um instrumental interessante, com destaque para o baixo. 

Já na segunda etapa da tracklist, as tão pedidas canções italianas foram reduzidas a coadjuvantes em um amontoado de faixas, o que matou o sentimento de unidade na obra. Soa como reflexo da forte influência do mercado estadunidense, onde o grupo busca se consolidar ainda mais.

Como ponto positivo, a baixista Victoria De Angelis se destaca em absoluto durante toda a audição. As músicas ganham em preenchimento e energia com suas linhas de baixo potentes e cheias de fraseados. Não daria nem para arriscar uma ausência de Victoria ao estilo “…And Justice for All”, álbum do Metallica onde praticamente não se ouve o instrumento.

Leia também:  Sweet anuncia “Full Circle”, álbum final de sua carreira

Rock podado em prol do pop

Descrito por Damiano David como um trabalho eclético, “Rush!” é pop rock com pop gasto e rock cheio de referências. O resultado final foi prejudicado na falta de cuidado na organização da tracklist, que transmite a sensação de que não se trata de um álbum, mas de um compilado de singles dançantes – o melhor exemplo desse problema está no encerramento com a balada “The Loneliest”, que fecha a experiência em energia incompatível com a mantida durante o decorrer do material.

Aqui, o Måneskin prova seu potencial comercial, mas com um preço a ser pago. Neste caso, percebe-se como a chegada no mercado internacional podou o lado mais pesado do grupo.

Ouça “Rush!” a seguir, via Spotify, ou clique aqui para conferir em outras plataformas digitais.

O álbum está na playlist de lançamentos do site, atualizada semanalmente com as melhores novidades do rock e metal. Siga e dê o play!

Måneskin – “Rush!”

  1. Own My Mind
  2. Gossip (feat. Tom Morello)
  3. Timezone
  4. Bla Bla Bla
  5. Baby Said
  6. Gasoline
  7. Feel
  8. Don’t Wanna Sleep
  9. Kool Kids
  10. If Not For You
  11. Read Your Diary
  12. Mark Chapman
  13. LA Fine
  14. Il Dono della Vita
  15. Mammamia
  16. Supermodel
  17. The Loneliest

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosCom “Rush!”, Måneskin pavimenta seu caminho no mainstream
Tairine Martins
Tairine Martinshttps://www.youtube.com/channel/UC3Rav8j4-jfEoXejtX2DMYw
Tairine Martins é estudante de jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Administra o canal do YouTube Rock N' Roll TV desde abril de 2021. Instagram: @tairine.m

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades