Crosby, Stills & Nash voltam ao Spotify 5 meses após polêmica com Joe Rogan

Músicos irão doar faturamento com o streaming em seu primeiro mês a entidades assistenciais que apoiam luta contra Covid-19

Meses após manifestar apoio ao colega Neil Young, os músicos David Crosby, Stephen Stills e Graham Nash, que compõem o trio Crosby, Stills & Nash, voltaram a disponibilizar suas obras em conjunto no Spotify.

Eles haviam comprado a briga com a maior plataforma protestando contra a permissividade em relação à veiculação de fake news sobre a pandemia. O principal alvo foi o podcaster e humorista Joe Rogan, reconhecido por disseminar teorias conspiratórias através de seu programa.

Porém, o retorno dos artistas ao aplicativo também se reverterá em ações filantrópicas. Ficou estabelecido que toda a arrecadação no primeiro mês será revertida a entidades assistenciais que apoiam a luta contra a Covid-19.

Em fevereiro, Crosby, Stills & Nash haviam se manifestado coletivamente pedindo que as gravadoras retirassem seus discos do Spotify. À época declararam:

“Apoiamos Neil e concordamos com ele que há desinformação perigosa sendo veiculada no podcast de Joe Rogan no Spotify. Até que uma ação real seja tomada para mostrar que a preocupação com a humanidade deve ser equilibrada com o comércio, não queremos que nossa música – ou a música que fizemos juntos – esteja na mesma plataforma.”

Outros artistas, como Joni Mitchell e Nils Lofgren, também excluíram suas obras do aplicativo.

Críticas a Spotify e Joe Rogan

No fim do ano passado, 270 médicos, cientistas e especialistas na área da saúde assinaram carta aberta pedindo ao Spotify que o podcast The Joe Rogan Experience fosse excluído das playlists devido às “teorias da conspiração infundadas” do apresentador e “o histórico de transmissão de desinformação”.

Fundador da plataforma, o CEO Daniel Ek prometeu intensificar o combate a fake news, além de implantar avisos sobre os conteúdos veiculados. Por sua vez, Joe Rogan declarou que faria “o melhor para equilibrar a situação no futuro, além de pesquisar mais sobre os assuntos em pauta”.

O Spotify é o mais popular serviço de streaming do mundo, com 406 milhões de usuários ativos, sendo 180 milhões deles em modalidades pagas. Seus arquivos contam com mais 82 milhões de músicas e outros registros de áudio.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
10
Share