Foto: Stefan Bollmann / Wikimedia

Andy Sneap se declara decepcionado por ter sido excluído do Judas Priest

Produtor que trabalha no próximo álbum da banda diz respeitar decisão, mas não esconde desapontamento por ficar fora dos próximos shows

Em nota enviada ao site Blabbermouth após o anúncio de que o Judas Priest fará a próxima turnê como quarteto, o guitarrista e produtor Andy Sneap expôs o seu lado da história.

Mostrando-se grato pelo período em que esteve na banda, o músico não deixou de ressaltar sua tristeza com a decisão.

“Rob (Halford, vocalista) me ligou na última segunda-feira e disse que eles queriam seguir em frente como um quarteto, o que achei incrivelmente decepcionante após todo esse tempo. Mas respeito a decisão. Obviamente, eles possuem uma visão de como querem fazer isso.”

Sneap deixou claro continuar ao dispor do grupo para seguir trabalhando no novo disco, independente de sua posição como integrante.

“Sempre foi uma situação temporária. Como já disse em outras oportunidades, sempre estive pronto para ajudar a banda da maneira que fosse possível. Isso inclui o futuro. Sou um grande fã desde o início dos anos 1980. Foi incrível dividir o palco com eles, embora assustador logo no início, quando me chamaram em caráter de urgência. Seguiremos trabalhando no próximo álbum mês que vem. Estou ansioso para que possamos fazer uma sequência matadora para ‘Firepower‘.”

Sobre Andy Sneap

Andy Sneap se consagrou como produtor de alguns dos melhores discos de heavy metal das últimas décadas.

Além do Judas Priest, seu currículo inclui colaborações com nomes como Accept, Blaze Bayley, Dream Theater, Saxon, Opeth, Amon Amarth, Arch Enemy, Exodus, Megadeth, Kataklysm, Kreator, Nevermore, Testament, Carcass, Fear Factory, Overkill, Napalm Death e DevilDriver, entre vários outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
1
Share