Música de Tom Jobim é citada para defender Led Zeppelin em caso de plágio

Na tentativa de provar que “Stairway To Heaven”, do Led Zeppelin, não foi um plágio da música “Taurus”, da banda Spirit, um especialista convidado pelo juiz que cuida do caso aponta que há outras canções notáveis com a mesma progressão melódica de ambas as envolvidas na ação judicial. Entre elas, o clássico “Insensatez”, de Tom Jobim, foi citado.

O especialista convidado pelo tribunal foi Lawrence Ferrara, professor de música da Universidade de Nova Iorque. O acadêmico defendeu o Led Zeppelin ao afirmar que a construção musical que fundamenta “Stairway To Heaven” é bastante convencional dentro da música e, portanto, não se trata de uma propriedade intelectual particular.

- Advertisement -

Para fundamentar sua argumentação, Ferrara citou a já mencionada “Insensatez”, de Tom Jobim; “My Michelle”, dos Beatles; e “My Funny Valentine”, de Ella Fitzgerald, além de outras músicas anteriores a “Taurus”, do Spirit. De acordo com o especialista, todas as canções em questão têm a progressão melódica semelhante.

Ouça as músicas envolvidas e compare:





Leia também:  Como o Journey foi pressionado por gravadora a mudar “Don’t Stop Believin’”

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesMúsica de Tom Jobim é citada para defender Led Zeppelin em caso...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades