Sexta temporada de “The Crown” não mostrará morte da princesa Diana

Produção optou por não recriar graficamente o acidente de carro que vitimou Diana e Dodi Al-Fayed em 1997, em Paris

A sexta temporada de “The Crown” chegará ao período da história da monarquia britânica em que a princesa Diana, ex-mulher do então príncipe Charles, morre em um acidente automobilístico.

No entanto, nada de imagens recriadas do acidente. A série vai lidar com o falecimento de Diana Spencer, só que o momento do ocorrido não será mostrado na produção.

- Advertisement -

O criador de “The Crown”, Peter Morgan, já havia deixado isso claro em entrevistas antigas. Recentemente, porém, a Netflix reforçou em comunicado ao Deadline que o acidente que vitimou Diana (agora interpretada por Elizabeth Debicki) e seu companheiro, Dodi Al-Fayed (Khalid Abdalla), será abordado de outra forma.

Foi explicado que as cenas irão mostrar o carro do casado saindo do hotel The Ritz, em Paris, e sendo perseguido por paparazzi. Depois veremos a notícia repassada pelas autoridades britânicas na França e Charles resolvendo os trâmites do traslado do corpo de Diana para o Reino Unido.

Enquanto isso, Mohamed Al-Fayed (Salim Daw), pai de Dodi, sofrerá racismo na hora de retirar o corpo de seu filho.

As próximas temporadas de “The Crown”

Leia também:  Sammy Hagar inicia turnê em homenagem ao Van Halen; veja setlist e vídeos

A sexta temporada de “The Crown” teve as gravações interrompidas pela morte da rainha Elizabeth II, mas retomou os trabalhos nos últimos dias. Os episódios devem ser lançados só em 2023, enquanto a quinta temporada chega à Netflix em 9 de novembro deste ano.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSexta temporada de “The Crown” não mostrará morte da princesa Diana
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades