Foto: Tony Santos

História dos Titãs é contada em série documental do Star+

Banda é a primeira brasileira a receber um episódio próprio do projeto homenageando ícones da música latinoamericana

A icônica banda brasileira de rock Titãs será o tema do episódio novo da série documental ”Bios. Vidas que marcaram a sua”, que chegará com exclusividade à plataforma de streaming Star+ dia 29 de julho. 

O público poderá dar uma viagem de luxo pela vida e obra do grupo, com direito a imagens de arquivo inéditas, acesso exclusivo a um ensaio da banda, conversas individuais com os atuais integrantes Tony Bellotto, Sérgio Britto e Branco Mello, além de ex-membros e colaboradores, especialistas, familiares e amigos.

O episódio, apresentado por Sarah Oliveira, cobre a longa trajetória musical da banda enquanto os acompanha nos preparativos para um show no Sesc Pompéia, quarenta anos após seu primeiro show, no mesmo local.

“Bios. Vidas que Marcaram a Sua” é uma série documental produzida pela National Geographic e disponível exclusivamente no Star+, que reconstrói a história das personalidades mais marcantes da cultura popular latino-americana. 

Já estão disponíveis para streaming no serviço episódios da série cobrindo artistas como Mercedes Sosa, Gustavo Cerati, Luis Alberto Spinetta, entre outros.

Titãs atualmente

O novo álbum dos Titãs, ainda sem título, sai ainda neste semestre em data a ser confirmada. Será o primeiro de inéditas desde a ópera rock “Doze Flores Amarelas”. O trabalho, uma parceria com Hugo Possolo e Marcelo Rubens Paiva, foi disponibilizado em três atos, lançados entre o final de abril e a primeira metade de maio de 2018.

Ano retrasado o grupo disponibilizou “Titãs Trio Acústico”, com releituras para 24 músicas de sua carreira. Assim como no caso anterior, o material também foi oferecido em três partes.

Em recente entrevista à Rádio Gaúcha, Tony Bellotto não descartou a possibilidade de uma reunião com antigos membros como parte da celebração de 4 décadas de história. Do line-up considerado clássico, Paulo Miklos deixou a banda em 2016; Charles Gavin saiu em 2010; Nando Reis, em 2002 e Arnaldo Antunes em 1992. O guitarrista Marcelo Fromer morreu em 2001.

“Esta ideia de fazer a reunião existe sim, existe uma conversa. Talvez seja no ano que vem, a gente não sabe ainda, mas essa possibilidade existe sim.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share