Como ativistas na web fizeram “Brown Sugar” sair dos shows dos Rolling Stones

Fundador de fórum oficial da banda revela que discussões políticas sobre a canção chegaram aos ouvidos dos músicos

Como já contamos aqui anteriormente, os Rolling Stones tiraram um de seus maiores hits do repertório de sua atual turnê “No Filter”: a música “Brown Sugar”, de 1971. Mas até então, os motivos para essa decisão eram apenas rumores.

Agora, o Daily Mail descobriu a razão do feito: postagens de ativistas sobre as referências da música à escravidão em grupos de discussão no maior site de fãs da banda, IORR (cujo título faz referência a outro hit, “It’s Only Rock ‘n’ Roll”).

A matéria do jornal britânico conta que “um grupo de ativistas se passou por superfãs dos Stones” para ter acesso ao fã-clube por assinatura online e criticar a música por mensagens. Supostamente, a história chegou aos ouvidos da banda por meio dos responsáveis pelo IORR e os músicos decidiram retirar a faixa do setlist da “No Filter”.

Bjornulf Vik, fundador do IORR, confirmou para o Daily Mail que o site tem recebido spam de postagens políticas relacionadas a “Brown Sugar” recentemente.

“Como muitas outras coisas, algumas pessoas fazem disso uma discussão altamente política. Parece que é impossível para alguns discutir o ‘açúcar mascavo’ sem ficar altamente político e ofensivo.”

O que dizem os músicos dos Rolling Stones

Vik está tentando remover os membros ativistas do IORR e comentou a citação do guitarrista Keith Richards, em uma entrevista para o jornal Los Angeles Times, sobre a ausência do hit no setlist da turnê.

Na ocasião, Keith havia dito:

“Vocês notaram isso, né? Não sei. Estou tentando entender com as irmãs por que elas têm um problema com isso. Não entenderam que essa é uma música sobre os horrores da escravidão? Mas estão tentando enterrá-la. No momento, não quero entrar em conflitos com toda essa m**da. Espero que possamos ressuscitá-la em alguma ocasião.”

Agora, Vik revelou acreditar que quando Richards usa o termo “irmãs”, está se referindo a um grupo de ativistas que atacou agressivamente alguns fãs da banda nas últimas semanas.

Durante a mesma entrevista dos Stones ao Los Angeles Times, o vocalista Mick Jagger comentou que a música sempre é tocada nos shows e que estariam apenas dando uma variada no repertório.

“Temos tocado ‘Brown Sugar’ toda noite desde 1970, então às vezes você pensa: ‘vamos tirar essa por enquanto e ver o que acontece’. Talvez a coloquemos de volta.”

A polêmica em torno de “Brown Sugar”

“Brown Sugar” tem uma das letras mais polêmicas da discografia dos Rolling Stones. Lançada em 1971, a música faz parte do álbum “Sticky Fingers” e o “açúcar marrom” de seu título faz referência a heroína. Porém, há ainda outros diversos temas polêmicos na canção como os abusos sofridos pelos escravos que eram levados da África até a América e escravas mulheres que eram abusadas sexualmente por seus então proprietários no sul dos Estados Unidos.

Tudo é apresentado de forma sutil, na canção escrita por Mick Jagger, e tem como pano de fundo alguns relacionamentos do vocalista com mulheres negras.

* Texto por Juliana Tancler, com pauta e edição por Igor Miranda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
7
Share