Serj Tankian se aproxima do som do System of a Down no novo EP “Elasticity”

Enquanto os fãs de System of a Down esperam por resiliência de seus integrantes, Serj Tankian mostra elasticidade em seu EP “Elasticity”, lançado nesta sexta-feira (19). O material traz o vocalista explorando o rock como não fazia há um bom tempo.

O vocalista Serj Tankian lançou, nesta sexta-feira (19), o novo EP “Elasticity”. Disponibilizado por meio da Alchemy Recordings/BMG, o material apresenta músicas que o cantor havia composto para um vindouro álbum do System of a Down, que nem chegou a ser gravado.

Em nota, Tankian explica:

“Quando concebi a possibilidade de fazer outro disco com os caras do System of a Down alguns anos atrás, comecei a trabalhar em um conjunto de músicas que arranjei em formato de rock para esse propósito. Como não entramos em acordo sobre o futuro com um álbum do System of a Down, decidi lançar essas músicas de forma solo.”

Ouça “Elasticity” a seguir, via Spotify:

O EP traz cinco faixas que, de fato, se aproximam do que Serj desenvolveu ao lado do System of a Down, banda que não lança um novo álbum de estúdio há mais de 15 anos – muito em função das discordâncias artísticas entre Tankian e o guitarrista Daron Malakian.

Vale destacar que o System chegou a lançar duas músicas inéditas no fim de 2020. Intituladas “Protect the Land” e “Genocidal Humanoidz”, as faixas buscaram conscientizar sobre a guerra na Armênia, país natal de seus integrantes, e arrecadar fundos para a população local.

A calorosa recepção das canções, originalmente feitas para o Scars on Broadway (projeto solo de Malakian), pode ter deixado Serj Tankian bem empolgado para, ao menos, divulgar suas produções mais “diretas”.

E bota “empolgação” nisso, pois “Elasticity” é, provavelmente, o primeiro trabalho de rock produzido pelo vocalista em carreira solo em muito tempo. Desde o hiato do SOAD, o vocalista se afastou do gênero para explorar outras abordagens na música, como jazz, eletrônico e erudito, e até em outros campos, como literatura e cinema.

Parecia desinteressado. Felizmente, porém, não “perdeu a mão” para fazer rock.

No que diz respeito ao estilo, dá para notar, a partir desse EP, que Serj ainda está em forma. Ao menos em estúdio, sua voz continua soando relativamente bem, preservando o alcance notório nos anos de ouro do System of a Down. A habilidade para compor boas canções, com letras ácidas e momentos experimentais, segue ainda mais afiada.

Curiosamente, a faixa-título “Elasticity“, que abre o material, não mostra isso tão bem. Apesar da presença bem colocada de sintetizadores, a música é enjoativa e não mostra muito a que veio. A situação só melhora na canção seguinte, “Your Mom“, que traz o tom debochado de algumas das canções mais elogiadas do System e ainda ousa ao apresentar, em seu miolo, uma passagem inusitada com instrumentação típica do Oriente Médio.

Parcialmente conduzida por piano e com alguns arranjos de orquestra “saltando” ao fundo, “How Many Times?” se adequa ao padrão do SOAD dos tempos de “Mezmerize” e “Hypnotize”, os álbuns mais maduros da banda. O clássico instrumento de teclas também dá o tom de “Rumi“, ainda mais melódica que a anterior e com letra sobre o filho de Serj e o poeta do século 13, que compartilham do mesmo nome.

O encerramento com “Electric Yerevan” é o momento que mais remete ao System of a Down, seja pelo estilo dos riffs e pela pegada mais heavy, seja pela letra que aborda diretamente os problemas vivenciados na Armênia. Novamente, os sintetizadores fazem boa aparição, apesar da bateria ter um som bem programado – será que o instrumento foi gravado de verdade ou é uma simulação computadorizada?

Não dá para negar que falta ao EP aquele toque genial de Daron Malakian, que, geralmente, apresenta um contraponto mais visceral ao requinte melódico das composições de Serj Tankian. Serve, porém, como um conforto aos persistentes fãs de System of a Down – que admiram a “elasticidade”, mas certamente desejam resiliência para que as mentes criativas da banda produzam mais músicas.

Serj Tankian – Elasticity

1. Elasticity
2. Your Mom
3. How Many Times?
4. Rumi
5. Electric Yerevan

O EP “Elasticity” está representado em minha playlist de lançamentos, atualizada semanalmente. Siga e dê o play:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share