Dio: 30 anos de “The Last In Line”

Dio – “The Last In Line”
Lançado em 13 de julho de 1984

Discordo quando dizem que “Holy Diver” (1983) é o disco definitivo da carreira de Dio, apesar de ser um dos melhores. É sempre difícil criar um sucessor para um álbum acima da média. Mas “The Last In Line” serviu para mostrar que a banda Dio não seria apenas um passatempo paralelo do vocalista Ronnie James Dio, ex-integrante do Rainbow e do Black Sabbath.
Com a adição do tecladista Claude Schnell (Rough Cutt), “The Last In Line” foi lançado um ano após o antecessor e é uma genuína aula de como heavy metal deve ser tocado. O play é marcado por boas composições com refrães maravilhosos e bom instrumental, com peso típico, mas destaque para a guitarra de Vivian Campbell, além da lendária voz de Ronnie James Dio.
A repercussão foi excelente – provavelmente, o período marca a melhor fase de Dio. Com a ajuda dos singles “Mystery” e da faixa título do álbum, “The Last In Line” conquistou posições significativas nas paradas do mundo, com destaque para um quarto lugar no Reino Unido. O disco foi o primeiro de Dio a receber disco de platina nos Estados Unidos.
Os destaques ficam para a épica canção que dá nome ao álbum (a minha preferida de sua carreira), a paulada “We Rock”, a semi-balada “Egypt (The Chains Are On)” e a rápida “I Speed At Night”. “The Last In Line” é indispensável na coleção de qualquer headbanger.

Ronnie James Dio (vocal)
Vivian Campbell (guitarra)
Jimmy Bain (baixo)
Vinny Appice (bateria)
Claude Schnell (teclados)

01. We Rock
02. The Last In Line
03. Breathless
04. I Speed At Night
05. One Night In The City
06. Evil Eyes
07. Mystery
08. Eat Your Heart Out
09. Egypt (The Chains Are On)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
0
Share