Dono de bar rock em SP é morto ao defender mulher de assédio

Carlos dos Santos Monteiro, conhecido como Nenê, era proprietário do Malta Rock Bar e sofreu golpes de canivete em seu próprio estabelecimento

O dono do Malta Rock Bar, localizado na zona sul de São Paulo, morreu aos 58 anos ao defender uma mulher de assédio. Carlos dos Santos Monteiro, conhecido como Nenê, recebeu golpes de canivete na madrugada do último sábado (15) no próprio estabelecimento e não resistiu.

­

- Advertisement -

De acordo com a Folha de S. Paulo, Leila Inui, cunhada da vítima, explicou que um homem teria entrado no local e incomodado os clientes. Logo depois, o indivíduo teria assediado uma mulher que trabalhava esporadicamente no bar e que tocaria com uma banda naquela noite. 

Diante da situação, Carlos supostamente o colocou para fora. Uma discussão teria ocorrido antes que o proprietário acabasse sendo atingido fatalmente. O corpo será sepultado às 11h desta segunda-feira (17). 

O acusado, de 34 anos, está preso, foi indiciado por homicídio qualificado por emboscada e ficou em silêncio durante o interrogatório. Segundo o G1, ele tinha passagens pela polícia por outros crimes e atualmente estava cumprindo pena em liberdade após condenação por assalto. A Justiça converteu sua prisão em flagrante para preventiva — embora tenha sido detido no local após ser contido por clientes do bar.

De acordo com a SSP (Secretaria da Segurança Pública), a arma do crime foi apreendida. Também foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Médico Legal (IML).

Homenagens diversas de amigos e músicos da cena rock paulistana foram feitas a Nenê nas últimas horas. Uma delas veio de Jeff Scott Soto, que frequentou o lugar quando veio ao Brasil. Tanto em abril deste ano, quanto em março de 2022, o vocalista americano realizou um workshop no bar. Ao saber da notícia, escreveu em publicação: 

Leia também:  Bruce Dickinson toca “Alexander the Great” durante show na Grécia; veja vídeo

“Meu coração está doendo agora… um homem maravilhoso, Nenê, dono do Malta Rock Bar em São Paulo, perdeu a vida ontem à noite em frente ao seu bar tentando impedir uma briga. O Nenê me fazia sentir em casa toda vez que eu tinha um evento ou entrava no bar dele. Fiz meus workshops de canto lá, além de entrevistas, e adorava a caipiroska e a coxinha. Ele e sua esposa Lu sempre foram além com sua hospitalidade e eu sempre ficava ansioso para ver meu amigo no lugar dele enquanto realizava meus eventos. Minhas condolências e abraços a Lu, sua família e amigos próximos, não posso acreditar nisso, esse homem santo se foi, ugh!”

Sobre o Malta Rock Bar

Como mencionado, o Malta Rock Bar fica na zona sul da capital, perto do metrô Praça da Árvore. A descrição no site oficial afirma que a trilha sonora do local, inaugurado em 2021, é composta pelo “melhor do metal, hard e classic rock”. Conforme a Gazeta de S. Paulo, a curadoria musical é do redator chefe da revista Roadie Crew, Ricardo Batalha. Outros destaques ficam na chopeira em formato de bateria e na música ao vivo, que também faz parte da programação. 

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasDono de bar rock em SP é morto ao defender mulher de...
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades