Black Sabbath enfim lança álbuns da era Tony Martin no streaming; ouça

Versões remasterizadas de "Headless Cross", "Tyr" e "Cross Purposes", além de edição remixada de "Forbidden", se juntam a "The Eternal Idol" nas plataformas digitais

O aguardado box set que recoloca no mercado os álbuns de estúdio do Black Sabbath entre 1989 e 1995 – exceção a “Dehumanizer” (1992) – enfim foi disponibilizado pela BMG. “Anno Domini 1989-1995”, com foco na era Tony Martin, está disponível não apenas em formatos físicos, como também no streaming.

­

- Advertisement -

Dessa forma, Headless Cross (1989), Tyr (1990), Cross Purposes (1994) e Forbidden (1995) — os quatro discos contemplados pelo box — podem ser ouvidos nas plataformas digitais após anos de ausência. Até então, aplicativos como Spotify, Deezer, Apple Music, Amazon Music, Tidal e afins só contavam com The Eternal Idol (1987) em seus catálogos.

Os três primeiros álbuns citados chegaram tanto ao streaming quanto nos formatos físicos em edições remasterizadas. Já o quarto está disponível em versão remixada pelo próprio guitarrista e líder Tony Iommi especialmente para a ocasião.

Todos esses trabalhos foram lançados pela gravadora britânica IRS, após a banda ter sido mandada embora da Vertigo, responsável por distribuir seus 13 primeiros álbuns de estúdio. A decisão foi tomada após insatisfações com as baixas vendas de Seventh Star (1986) e “The Eternal Idol”.

Vários desses discos serão disponibilizados pela primeira vez em vinil. Já a versão em CD contém três faixas bônus exclusivas: o lado B “Cloak & Dagger” e as anteriormente exclusivas para o mercado japonês “What’s The Use” e “Loser Gets It All”.

O material físico acompanha um livreto com fotos, capas e liner notes escritas por Hugh Gilmour. Contém ainda um pôster de “Headless Cross” e uma réplica do concert book da turnê do mesmo álbum.

Resumindo, o box “Anno Domini 1989-1995” inclui:

  • “Headless Cross”, “Tyr” e “Cross Purposes” recentemente remasterizados;
  • “Forbidden” recentemente remixado por Tony Iommi;
  • Réplica do concert book da turnê “Headless Cross” de 1989;
  • Livreto de 40 páginas com fotos, artes e novas liner notes;
  • Réplica do pôster colorido da tour “Headless Cross”.

Ouça “Headless Cross”, “Tyr”, “Cross Purposes” e “Forbidden” a seguir, via Spotify. Em seguida, confira detalhes das versões físicas.

“Headless Cross”:

“Tyr”:

“Cross Purposes”:

“Forbidden”:

Black Sabbath — “Anno Domini 1989-1995”

CD 1 – “Headless Cross”:

  1. The Gates Of Hell (2024 Remaster)
  2. Headless Cross (2024 Remaster)
  3. Devil & Daughter (2024 Remaster)
  4. When Death Calls (2024 Remaster)
  5. Kill In The Spirit World (2024 Remaster)
  6. Call Of The Wild (2024 Remaster)
  7. Black Moon (2024 Remaster)
  8. Nightwing (2024 Remaster)
  9. Cloak & Dagger (2024 Remaster)

CD 2 – “Tyr”:

  1. Anno Mundi (2024 Remaster)
  2. The Law Maker (2024 Remaster)
  3. Jerusalem (2024 Remaster)
  4. The Sabbath Stones (2024 Remaster)
  5. The Battle Of Tyr (2024 Remaster)
  6. Odin’s Court (2024 Remaster)
  7. Valhalla (2024 Remaster)
  8. Feels Good To Me (2024 Remaster)
  9. Heaven In Black (2024 Remaster)
Leia também:  Playback? A alfinetada de Dave Grohl contra Taylor Swift durante show do Foo Fighters

CD 3 – “Cross Purposes”:

  1. I Witness (2024 Remaster)
  2. Cross Of Thorns (2024 Remaster)
  3. Psychophobia (2024 Remaster)
  4. Virtual Death (2024 Remaster)
  5. Immaculate Deception (2024 Remaster)
  6. Dying For Love (2024 Remaster)
  7. Back To Eden (2024 Remaster)
  8. The Hand That Rocks The Cradle (2024 Remaster)
  9. Cardinal Sin (2024 Remaster)
  10. Evil Eye (2024 Remaster)
  11. What’s The Use (2024 Remaster)

CD 4 – “Forbidden” remix:

  1. Illusion Of Power
  2. Get A Grip
  3. Can’t Get Close Enough
  4. Shaking Off The Chains
  5. I Won’t Cry For You
  6. Guilty As Hell
  7. Sick And Tired
  8. Rusty Angels
  9. Forbidden
  10. Kiss Of Death
  11. Loser Gets It All

LP 1 – Lado A:

  1. The Gates Of Hell (2024 Remaster)
  2. Headless Cross (2024 Remaster)
  3. Devil & Daughter (2024 Remaster)
  4. When Death Calls (2024 Remaster)

LP 1 – Lado B:

  1. Kill In The Spirit World (2024 Remaster)
  2. Call Of The Wild (2024 Remaster)
  3. Black Moon (2024 Remaster)
  4. Nightwing (2024 Remaster)

LP 2 – Lado A:

  1. Anno Mundi (2024 Remaster)
  2. The Law Maker (2024 Remaster)
  3. Jerusalem (2024 Remaster)
  4. The Sabbath Stones (2024 Remaster)

LP 2 – Lado B:

  1. The Battle Of Tyr (2024 Remaster)
  2. Odin’s Court (2024 Remaster)
  3. Valhalla (2024 Remaster)
  4. Feels Good To Me (2024 Remaster)
  5. Heaven In Black (2024 Remaster)

LP 3 – Lado A:

  1. I Witness (2024 Remaster)
  2. Cross Of Thorns (2024 Remaster)
  3. Psychophobia (2024 Remaster)
  4. Virtual Death (2024 Remaster)
  5. Immaculate Deception (2024 Remaster)

LP 3 – Lado B:

  1. Dying For Love (2024 Remaster)
  2. Back To Eden (2024 Remaster)
  3. The Hand That Rocks The Cradle (2024 Remaster)
  4. Cardinal Sin (2024 Remaster)
  5. Evil Eye (2024 Remaster)

LP 4 – Lado A:

  1. Illusion Of Power
  2. Get A Grip
  3. Can’t Get Close Enough
  4. Shaking Off The Chains
  5. I Won’t Cry For You

LP 4 – Lado B:

  1. Guilty As Hell
  2. Sick And Tired
  3. Rusty Angels
  4. Forbidden
  5. Kiss Of Death

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosBlack Sabbath enfim lança álbuns da era Tony Martin no streaming; ouça
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

2 COMENTÁRIOS

  1. Legal. Eu tenho um carinho especial pelo Forbidden que foi um dos primeiros discos que tive na vida.
    Agora espero os primeiros discos do Judas e a discografia do Budgie.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades