A curiosa rivalidade que Sammy Hagar tinha com o Thin Lizzy

Situação ocorrida em 1977 foi relembrada recentemente pelo vocalista em suas redes sociais

Em postagem no Instagram, Sammy Hagar lembrou não apenas um momento do passado, mas uma encrenca em potencial que arrumou com uma das bandas mais influentes da história do hard rock: o Thin Lizzy.

“Flashback de 1977, na Selland Arena em Fresno. Gary Pihl ao fundo. Freddie Mercury estava doente e o Queen cancelou em Sacramento na noite anterior. Fui convidado para ser atração principal, mas o Thin Lizzy disse que seriam eles, então abri.”

Então, teve início uma série daqueles momentos que hoje conhecemos popularmente como tretas.

“Desnecessário dizer que roubamos o show. Era minha cidade natal, onde já havia lotado o mesmo espaço sozinho antes. Na noite seguinte, em Fresno, o Queen cancelou novamente. Então pediram para eu tocar lá também, o que aceitei. O Thin Lizzy tentou desligar meus monitores e nos fazer encurtar o set. Foram os melhores dias de rivalidades no rock ‘n’ roll, ha ha, muito legal. A única decepção é que acabei nunca tocando com o Queen”.

Sammy Hagar antes e depois do Van Halen

Apesar de ter se tornado um nome mundial apenas após assumir os vocais do Van Halen, Sammy Hagar desfrutava de boa fama na América do Norte desde a metade dos anos 1970, quando era vocalista do Montrose. A seguir, partiu para uma carreira solo respeitada, que retomou após sair da banda de Eddie e Alex.

Em anos recentes, comandou o supergrupo Chickenfoot e o The Circle, sua prioridade atual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
7
Share