Slash desabafa sobre ressentimento por Izzy Stradlin ter deixado o Guns N’ Roses

“A saída em si não foi o problema. [...] A questão é que Izzy fez isso achando que a banda morreria”, afirma o guitarrista

Slash falou sobre a saída de Izzy Stradlin do Guns N’ Roses, ocorrida em 1991, em recente entrevista à Classic Rock.

O guitarrista da cartola reconheceu que a situação gerou ressentimentos, mas não exatamente por conta de o colega ter se retirado.

“A saída em si não foi o problema. Não houve julgamento sobre nada disso. O comportamento de cada membro na vida pessoal não interessava, desde que ele fosse capaz de aparecer e fazer o show. A questão é que Izzy fez isso achando que a banda morreria.”

- Advertisement -

O músico ainda comentou:

“Minha atitude foi seguir em frente e assumir o controle. A atitude em si gerou um ressentimento, não entendia o que ele estava pensando. Ainda me sinto assim até hoje nesse tipo de situação. Não se preocupem comigo, eu dou um jeito.”

Leia também:  A condição de Zakk Wylde para gravar músicas novas com o Pantera

Izzy Stradlin, Guns N’ Roses e Velvet Revolver

Posteriormente, Stradlin chegou a se envolver nos primeiros passos do Velvet Revolver. Além disso, fez algumas aparições ao vivo com a versão do Guns N’ Roses que contava com Axl Rose comandando uma série de músicos sem ligação com o passado da banda.

Fora isso, viveu uma vida quase que totalmente fora dos holofotes nas últimas décadas. Sendo assim, não dá para dizer que foi exatamente uma surpresa sua ausência da reunião que teve início em 2016, embora tentativas visando sua participação tenham sido feitas.

“Tivemos alguns problemas sobre os quais não quero me aprofundar. Tentamos fazer acontecer, mas não conseguimos chegar a um meio termo. Sendo assim, não rolou. Não falo com ele desde então.”

Leia também:  CPM 22 conclui gravações de novo álbum: “finalmente”

Novas músicas e turnê pelo Brasil

O Guns N’ Roses segue com Axl, Slash e Duff McKagan à frente. Ano passado, a banda chegou a trabalhar em músicas novas, além de retrabalhar as canções “Absurd” e “Hard Skool”, disponibilizadas como singles.

O grupo deve passar pelo Brasil no segundo semestre deste ano, se apresentando no Rock in Rio dia 8 de setembro. Por enquanto, é a única data confirmada da possível turnê.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasSlash desabafa sobre ressentimento por Izzy Stradlin ter deixado o Guns N’...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades