Eric Clapton diz que não é a favor nem contra a vacinação

“Prezo pela liberdade de escolha e respeito às outras pessoas, além de bondade e as coisas que costumavam motivar”, diz o músico, que chegou a divulgar informações falsas sobre imunizantes que combatem a Covid-19

Figura ativa na proliferação de teses negacionistas, Eric Clapton tentou contemporizar a situação durante a entrevista concedida ao Real Music Observer. O músico, que tomou as duas doses iniciais da vacina e reclamou dos efeitos posteriores, decidiu esclarecer sua posição quanto aos imunizantes.

Conforme transcrito pelo site Far Out Magazine, ele comentou:

“Já estou com as costas cicatrizadas de tanto que apanhei pelas minhas posições. Mas gostaria de deixar uma coisa clara: não sou a favor nem contra as vacinas. Prezo pela liberdade de escolha e respeito às outras pessoas, além de bondade e as coisas que costumavam motivar, ou eram coisas a serem aspiradas. Acredito em Deus e acho que há um propósito para tudo. E este parece ser o meu no momento.”

- Advertisement -

De qualquer modo, Clapton deixa claro que não está preocupado em como as pessoas interpretarão suas opiniões – o que não surpreende, vindo de alguém que não teve qualquer receio ao expor visões racistas em pleno palco na década de 1970.

“Você pode tomar decisões sobre o que vai fazer ou dizer sem se preocupar muito com as repercussões. Só quando elas acontecem é que você pode refletir sobre o que estava certo ou errado.”

Leia também:  Ozzy está “desesperado” para reunir Black Sabbath original, segundo Geezer Butler

Polêmicas de Eric Clapton na pandemia

Desde o início da pandemia, Eric Clapton gravou músicas contra as medidas sanitárias, financiou uma banda antivaxxer, compartilhou informações falsas sobre imunizantes e ameaçou não se apresentar em espaços que exigissem comprovante de vacinação – tendo voltado atrás posteriormente. As posturas fizeram com que perdesse amizades e sofresse críticas do público, mídia e autoridades.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasEric Clapton diz que não é a favor nem contra a vacinação
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades