“Uma vez otário, sempre otário”, diz ex-esposa de Eddie Van Halen sobre Eric Clapton

Valerie Bertinelli, que também é mãe de Wolfgang Van Halen, postou uma foto onde aparece com o ex-marido e Clapton

Os posicionamentos recentes de Eric Clapton a respeito da pandemia e das vacinas vêm causando reações também entre os famosos. A atriz Valerie Bertinelli, ex-mulher do saudoso guitarrista Eddie Van Halen e mãe de Wolfgang Van Halen, fez um comentário na web onde xinga Clapton por seu comportamento atual – e, ao que tudo indica, citando outras ocasiões do passado.

Em seu perfil na rede social Twitter, Bertinelli compartilhou um link de uma notícia com a mais recente declaração do guitarrista, dizendo que não tocaria em nenhum lugar que exija comprovante de vacinação do público por ser um ato de “discriminação”. Na mesma mensagem, ela colocou uma foto onde aparece ao lado de Eddie Van Halen e do próprio Clapton, com os dizeres:

“Uma vez otário, sempre otário.”

- Advertisement -

Em quase 48 horas, a publicação feita pela ex-esposa de Eddie Van Halen obteve mais de 67 mil curtidas, 8 mil compartilhamentos e 2,5 mil respostas – em maioria, criticando o posicionamento do guitarrista.

Em meio aos comentários, alguns fãs revelaram acreditar que Valerie esteja se referindo a um episódio envolvendo Clapton ocorrido em 1976. Na ocasião, o músico fez um discurso racista a favor de um político de extrema-direita e anti-imigração em um show na Inglaterra, pedindo para “manter a Grã-Bretanha branca”. Em ocasiões futuras, ele mostrou-se arrependido por tais falas.

Leia também:  A música mais metal do Van Halen, segundo Scott Ian

As polêmicas de Eric Clapton em meio à pandemia

Desde o início da pandemia, Eric Clapton tem se posicionado contra o lockdown e outras medidas de segurança no combate à Covid-19. O guitarrista chegou a gravar uma música com Van Morrison que encoraja o desrespeito às normas e suas opiniões ficaram ainda mais radicais quando ele sofreu reações ao receber o imunizante da AstraZeneca. Ele também compartilhou informações falsas sobre a vacinação.

Mais recentemente, Clapton afirmou, por meio de um comunicado, que não fará shows em locais no Reino Unido que exijam comprovante de vacinação para entrada do público. A medida, criticada pelo músico, é considerada importante para evitar a disseminação do vírus, que ainda pode infectar imunizados, além de impedir a criação de variantes mais poderosas.

O músico se manifestou através de um canal do Telegram mantido pelo ativista anti-lockdown Robin Monotti Graziadei. O texto do artista responde a uma determinação do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, estabelecendo a obrigatoriedade do comprovante de vacinação contra Covid-19 para a realização de eventos com público.

“Após o anúncio do primeiro-ministro na segunda-feira, 19 de julho de 2021, me senti na obrigação de fazer um anúncio próprio. Quero dizer que não tocarei em nenhum palco onde houver esse tipo de discriminação na plateia. A não ser que haja provisão para que todas as pessoas possam comparecer, me reservo no direito de cancelar o show.”

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotícias"Uma vez otário, sempre otário", diz ex-esposa de Eddie Van Halen sobre...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades