Erik Grönwall está doente? Vocalista fala sobre saída do Skid Row

Cantor explicou questões relacionadas a seu sistema imunológico, causadas após recuperar-se de leucemia, e negou estar com problemas de saúde

Erik Grönwall se manifestou, em novo comunicado, sobre sua saída do Skid Row. O vocalista havia confirmado, mais cedo nesta quarta-feira (27), que estaria deixando a banda dois anos após sua entrada.

Na nota publicada em seu perfil no Instagram, Grönwall explicou ter optado por sair para que pudesse focar mais em sua saúde. Embora tenha vencido uma leucemia diagnosticada em 2021, o cantor ainda tem recuperado as condições ideais de seu sistema imunológico, devido ao transplante de medula óssea que o salvou da doença.

- Advertisement -

O sueco, também ex-integrante do H.E.A.T, garantiu não estar doente. Declarou ainda que não tomou a decisão de sair por simplesmente não querer fazer turnês. Por fim, projetou seus próximos trabalhos: concluir um livro biográfico e iniciar a composição de músicas inéditas.

Leia o novo comunicado a seguir.

“Sim, decidi sair do Skid Row.
A principal razão é que tem sido difícil priorizar minha saúde e recuperação total como vocalista da banda.

Em 2021 estava em tratamento contra a leucemia e isso me deu um superpoder chamado perspectiva. Decidi usar essa perspectiva e escrever os valores pelos quais queria viver pelo resto da minha vida. No topo dessa lista está escrito ‘saúde em primeiro lugar’.

Tive que olhar essa lista muitas vezes no ano passado, questionando se estou realmente vivendo de acordo com meus valores. No fim das contas, percebi que a resposta era não.

Como resultado dos tratamentos e do transplante, meu sistema imunológico ficou prejudicado. Você pode pensar no meu sistema imunológico como uma criança de 4 anos trazendo para casa todos os tipos de vírus da pré-escola. Demora um pouco para construir essa resistência novamente, mas meu sistema imunológico está ficando mais forte a cada dia. No entanto, ainda estou fazendo check-ups regulares (exames de sangue) no departamento de hematologia na Suécia, o que tem se mostrado um desafio ao manter o cronograma do Skid Row. Tenho muito respeito pelo meu histórico médico para me forçar ao limite.

Eu amo o Skid Row, não tenho nada além de respeito pelos caras da banda mas amo e respeito mais minha saúde. Eu entendo que o Skid Row é uma banda em turnê, mas como eu disse aos caras: ‘se não consigo priorizar minha saúde, então não sou o cara certo para o trabalho’.

Por favor, note que NÃO estou doente e não é que não queira fazer uma turnê. Adoro estar na estrada. E é claro que tentamos encontrar o equilíbrio certo juntos, mas no final das contas percebi que era melhor me afastar.

Então agora vou me concentrar na minha recuperação total e voltar mais forte do que nunca. Enquanto isso, estou finalizando minha biografia. E vou começar a compor minhas próprias músicas novamente.

Por fim, mais uma vez obrigado a todos que me aceitaram como vocalista desta banda icônica.

Lembre-se sempre de que nenhum emprego, nenhum dinheiro, nenhuma fama vale a sua saúde ou bem-estar. Saúde em primeiro lugar sempre. Devo essa decisão ao cara da segunda foto e tenho orgulho de poder dizer que cumpri minha promessa a ele. Saúde em primeiro lugar!”

Erik Grönwall deixa o Skid Row

Anteriormente, também pelas redes sociais, o Skid Row comunicou a saída de Erik Grönwall em nota também assinada pelo cantor. O grupo completo pelos guitarristas Dave “Snake” Sabo e Scotti Hill, o baixista Rachel Bolan e o baterista Rob Hammersmith revelou que Grönwall “decidiu que as viagens e os rigores da estrada não contribuem para a sua saúde e recuperação geral”. O cantor, ex-integrante do H.E.A.T, foi diagnosticado com leucemia em 2021 e conseguiu vencer a doença.

Ainda assim, de acordo com a nota, o músico de 36 anos “quer se concentrar num estilo de vida que seja mais favorável ao seu bem-estar, saúde e família”. Os remanescentes reforçaram que o desligamento foi amigável e agradeceram a Erik pela parceria, a ser celebrada em breve com um novo álbum ao vivo.

Diante da situação, a vocalista e guitarrista do Halestorm, Lzzy Hale, foi chamada para ocupar temporariamente a vaga deixada por Erik. Ela se apresenta com o grupo em Casterville (17/05), Riverside (18/05), Reno (31/05) e Sacramento (01/06), nos Estados Unidos.

Na íntegra do comunicado, o Skid Row afirma:

“Hoje, Skid Row e Erik Grönwall anunciam em conjunto que Erik deixará o cargo de vocalista do Skid Row. A amiga de longa data Lzzy Hale, do Halestorm, assumirá as funções vocais nos próximos quatro shows programados.

Erik decidiu que as viagens e os rigores da estrada não contribuem para a sua saúde e recuperação geral e quer concentrar-se num estilo de vida que seja mais favorável ao seu bem-estar, saúde e família.

O Skid Row está orgulhoso do que criou e realizou com Erik nos últimos dois anos e desejamos nada além do melhor para ele e sua saúde. Para celebrar os últimos dois anos, a banda lançará um álbum ao vivo que captura perfeitamente este momento nos mais de 35 anos de história da banda, a ser anunciado em breve.”

Por sua vez, Erik Grönwall declarou:

“Tive a oportunidade de entrar nessa banda incrível 6 meses depois do meu tratamento contra a leucemia. E um mês depois disso eu estava em uma turnê mundial com o Skid f**** Row. Uau! Foi um sonho que se tornou realidade.

No entanto, também provou ser um desafio fazer uma turnê pelo mundo com um sistema imunológico debilitado, resultado do meu transplante de medula óssea. Eu respeito e entendo que o Skid Row seja uma banda de turnês, mas como não posso priorizar minha saúde estando na banda, decidi que é melhor eu me afastar.

Eu amo o Skid Row, não tenho nada além de respeito pelos caras da banda, mas amo e respeito mais minha saúde. Estou ficando mais forte e saudável a cada dia, mas depois de consultar meu médico, preciso me permitir mais tempo para me recuperar, o que não posso fazer como vocalista do Skid Row. É por isso que tomei a difícil decisão de seguir em frente.

Quero agradecer aos caras por esta oportunidade incrível. E quero agradecer a todos os fãs do Skid Row que me aceitaram como vocalista desta banda icônica. Saúde em primeiro lugar!”

Erik Grönwall, Skid Row e mais

Nascido em Knivsta, Suécia, Per Erik Magnus Grönwall se destacou ao participar do “Idol”, reality show musical em sua terra natal. Curiosamente, a música de sua primeira audição foi “18 and Life”, do Skid Row. A seguir, lançou dois discos solo.

Em 2012 se tornou vocalista do H.E.A.T. Gravou 4 álbuns e deixou a banda em 2020. Em 2022, junto ao tecladista e ex-colega Jona Tee, lançou o primeiro disco do New Horizon. O projeto tem sonoridade voltada ao power metal.

Erik Grönwall se juntou ao Skid Row no fim de março de 2022, substituindo ZP Theart. Com ele, a banda lançou no mesmo ano “The Gang’s All Here”, seu primeiro álbum em 16 anos. O trabalho chegou ao 14º lugar na Billboard 200 — melhor resultado na principal parada americana desde “Slave to the Grind” (1991). A turnê passou pelo Brasil, com shows em São Paulo (festival Summer Breeze) e Curitiba.

Sistema imunológico afetado pelo câncer

Em 2021, após ser diagnosticado com leucemia, Erik Grönwall passou por um transplante de medula. O procedimento foi bem-sucedido, mas o cantor ainda vem lidando com as consequências — o que levou o Skid Row a cancelar alguns shows nos últimos tempos —, como explicou em um vídeo que gravou e postou em setembro do ano passado.

Diz o frontman, conforme transcrição do Blabbermouth:

“Tive uma ótima apresentação, uma ótima noite no último 8 de setembro. Fui para a cama, acordei no outro dia e pensei ‘O que está acontecendo?’ Tipo, veio do nada. Acordei e não tinha voz. Simplesmente desapareceu. Não conseguia nem me aquecer. Tentamos o nosso melhor até o último minuto. E é uma sensação horrível, estamos aqui, queremos nos apresentar, fazer o que amamos. Mas quando você adia tem muita gente que é afetada por uma decisão dessas, o que faz eu me sentir mal. Mas a saúde está em primeiro lugar. Acredito que todo mundo entende isso.”

A seguir, Erik foi mais específico, se referindo aos problemas dos últimos tempos.

“Então, para quem não sabe, fiz um transplante de medula óssea há dois anos e tenho um novo sistema imunológico, um novo tipo sanguíneo – sou completamente novo. Meu sistema imunológico tem dois anos de idade. Isso é algo com que preciso conviver. Acredite em mim, é melhor do que a outra alternativa. Porém, vai demorar um pouco para reconstruir a resistência necessária.

Seis meses depois do meu transplante, eu estava em turnê com o Skid Row. Na maior parte do tempo, tudo está indo muito bem. Mas preciso de mais tempo para me recuperar. Estar em turnê meio ano após um transplante, além da quimioterapia e tudo mais, não é realmente padrão, por assim dizer. Meu corpo e meu sistema imunológico obviamente precisam de mais tempo para se recuperar.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

Leia também:  A fortuna embolsada todo mês por oficina de aviões de Bruce Dickinson
ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasErik Grönwall está doente? Vocalista fala sobre saída do Skid Row
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades