Winger tem os melhores músicos com que Beau Hill trabalhou, segundo o próprio produtor

Profissional de estúdio lembrou colaborações de Kip Winger e Reb Beach em “Love is for Suckers”, álbum do Twisted Sister

O Winger está entre as bandas de hard rock da década de 1980 com os músicos mais habilidosos. A técnica dos instrumentistas do grupo foi reconhecida pelo produtor Beau Hill, que os definiu como um “supergrupo”.

Em entrevista ao 80s Glam Metalcast, transcrita pelo BraveWords, Hill citou o Winger enquanto, na verdade, falava sobre “Love is for Suckers”, álbum do Twisted Sister produzido por ele. Lançado em 1987, o trabalho foi o último da primeira fase da banda, que se reuniu posteriormente, mas não teve um lançamento completo no formato.

Os fãs mais atentos do Twisted Sister sabem que “Love is for Suckers” se trata quase de um esforço solo do vocalista Dee Snider. Para exercer funções relacionadas a outros integrantes, Beau Hill convocou músicos do próprio Winger.

“Não lembro quem tocou qual parte de ‘Love is for Suckers’. Sei que Kip Winger e Reb Beach participaram bastante, corrigindo parte de baixo e gravando solos de guitarra, respectivamente.

Foi um projeto participativo. O objetivo era fazer o melhor possível, independente de quem gravasse o quê. Era um período onde a mística da banda já estava desaparecendo, não havia tanto interesse da MTV.”

Beau Hill, Dee Snider e Winger

Ainda durante a entrevista, Beau Hill aproveitou para exaltar dois cantores. Além de elogiar Dee Snider, o produtor destacou como Kip Winger é um ótimo vocalista.

“Em minha opinião, Dee Snider é um dos vocalistas mais subestimados daquela era, um cara brilhante. Mas Kip é ainda mais, está no topo da minha lista.”

O profissional de estúdio comentou, também, que os integrantes do Winger – Kip Winger, Reb Beach, Rod Morgenstein (bateria) e Paul Taylor (teclado e guitarra) são os “melhores músicos” com que trabalhou em toda a carreira. Ele comandou as gravações dos dois primeiros álbuns da banda.

“Se eu fosse montar um supergrupo, simplesmente chamaria os caras do Winger. São os melhores músicos com que trabalhei em toda a minha carreira.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
1
Share