Slash lança cover de Fleetwood Mac com vocais de Chris Stapleton

Releitura de “Oh Well”, clássico da banda multiplatinada na era Peter Green, estará no álbum de blues “Orgy of the Damned”

Slash disponibilizou nesta sexta-feira (12) uma versão para “Oh Well”, do Fleetwood Mac, originalmente datada de 1969. O cover, que é a segunda faixa liberada do próximo álbum solo do guitarrista, “Orgy of the Damned”, inclui a participação do cantor country Chris Stapleton.

> Guia completo: os álbuns de rock e metal que saem em 2024

- Advertisement -

Em entrevista à Rolling Stone, o guitarrista do Guns N’ Roses contou que já tinha a voz de Stapleton em mente para a canção desde o início. Contudo, embora o artista já tenha feito a abertura de shows do GN’R, os dois não tinham contato. O homem da cartola explica:

“A cadência de canto de Chris e aquele sotaque que ele tem para essa música em particular, na minha opinião, pareciam perfeitos. Mas tive que pegar o número dele e ligar para ele. Ele foi muito gentil e realmente se esforçou para me ajudar.”

Em outra ocasião, Chris falou ao mesmo veículo de comunicação sobre o Guns — mais especificamente, a respeito do vocalista Axl Rose. O astro country revelou ter abordado o ídolo hard rocker para saber um pouco mais de sua técnica vocal.

“Perguntei a ele quantas noites seguidas ele consegue gritar assim e cantar todo o rock & roll que ele faz. Porque eu sei que tenho limites e quantas noites seguidas posso realmente cantar. Então discutimos um pouco sobre ele fazer coisas com o AC/DC. Foram conversas que você acha que nunca terá.”

Ouça no player a seguir.

Disponibilizada anteriormente como single, a releitura de “Killing Floor” (Howlin’ Wolf) com Brian Johnson (AC/DC) nos vocais e de Steven Tyler (Aerosmith) na gaita também pode ser conferida abaixo.

*O single está na playlist de lançamentos do site, atualizada semanalmente com as melhores novidades do rock e metal. Siga e dê o play!

­

Com sonoridade orientada ao blues, “Orgy of the Damned” sairá em 17 de maio. A produção é assinada por Mike Clink, o mesmo responsável por discos clássicos do Guns N’ Roses, como “Appetite for Destruction” e “Use Your Illusion”.

Leia também:  Edu Falaschi adia shows em Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis

Diferentemente de outros trabalhos recentes, o guitarrista não gravou com o vocalista Myles Kennedy e sua banda de apoio, The Conspirators. Em vez disso, retomou o formato de seu disco solo de 2010, homônimo, que trouxe vários convidados. A lista de participações está disponível ao fim deste texto.

O álbum blues de Slash

Um teaser lançado nas redes sociais apresenta imagens de Slash em estúdio. Em áudio, o guitarrista fala da importância do blues em sua formação musical.

“Sou um guitarrista de rock com raízes firmes no blues. A guitarra de blues é algo que me interessei quando criança. Se você ouvir qualquer coisa que eu fiz, você pode sentir o quão grande a influência do blues é. Sempre pensei que iria querer gravar um disco disso em algum momento. Então, nos juntamos e fizemos.”

O homem da cartola já havia adiantado alguns detalhes do projeto em entrevista de 2023 ao Yahoo Entertainment!. Na ocasião, foi econômico nas informações: confirmou apenas a presença de Demi Lovato. Os dois colaboraram recentemente em uma nova versão para “Sorry Not Sorry”, hit da cantora.

“Não há muito a dizer no momento além de que vai ser orientado ao blues, sairá em 2024 e Demi gravou comigo. Ela tinha me convidado para tocar em uma de suas músicas. Gravei em um estúdio na Noruega, durante uma pausa na turnê do Guns N’ Roses. Mas a que ela cantou para mim é completamente diferente, mostra bem sua diversidade.”

Festival itinerante

Além do novo álbum, Slash realizará um festival itinerante de blues. O evento S.E.R.P.E.N.T. rodará pelos Estados Unidos entre julho e agosto deste ano. O nome é um anagrama para Solidarity, Engagement, Restore, Peace, Equality N’ Tolerance (Solidariedade, Engajamento, Restauração, Paz, Igualdade e Tolerância).

Leia também:  A data do Rock in Rio 2024 com ingressos esgotados mais rapidamente na pré-venda

Em todas as datas, Slash se apresentará ao lado de Johnny Griparic (baixo – Richie Kotzen, Ace Frehley, Walter Trout etc), Teddy “ZigZag” Andreadis (teclados – Guns N’ Roses, Carole King, Chuck Berry etc), Michael Jerome (bateria – Toadies, John Cale etc) e Tash Neal (voz e guitarra – The London Souls). Vale lembrar que “ZigZag” excursionou com o Guns durante parte da turnê de “Use Your Illusion”, entre 1991 e 1993, e tocou com o próprio Slash no projeto Slash’s Snakepit.

Artistas e bandas como Warren Haynes Band, Keb’ Mo’, Larkin Poe, Christone “Kingfish” Ingram, Samantha Fish, ZZ Ward, Robert Randolph, Eric Gales e Jackie Venson irão se revezar nas datas junto do músico.

Em nota, Slash afirma que criou o S.E.R.P.E.N.T. para celebrar o espírito do blues e se apresentar com outros artistas que ele admira e que compartilham seu amor pelo gênero.

De acordo com o guitarrista, a turnê também tem objetivo filantrópico. A ideia é “retribuir às instituições de caridade que apoiou ao longo dos anos, bem como ajudar a erguer comunidades marginalizadas que partilham o seu foco restaurativo de elevar vidas para o benefício de todos”.

Dessa forma, uma parte dos lucros de cada ingresso e pacote VIP vendido beneficiará diretamente as seguintes instituições de caridade selecionadas por Slash: The Equal Justice Initiative, Know Your Rights Camp, The Greenlining Institute e War Child. Uma parceria com a Plus1.org foi feita para apoiar tais esforços de caridade.

Slash — “Orgy of the Damned”

  1. The Pusher (feat. Chris Robinson)
  2. Crossroads (feat. Gary Clark Jr.)
  3. Hoochie Coochie Man (feat. Billy Gibbons)
  4. Oh Well (feat. Chris Stapleton)
  5. Key To The Highway (feat. Dorothy)
  6. Awful Dream (feat. Iggy Pop)
  7. Born Under A Bad Sign (feat. Paul Rodgers)
  8. Papa Was A Rolling Stone (feat. Demi Lovato)
  9. Killing Floor (feat. Brian Johnson)
  10. Living For The City (feat. Tash Neal)
  11. Stormy Day (feat. Beth Hart)
  12. Metal Chestnut

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosSlash lança cover de Fleetwood Mac com vocais de Chris Stapleton
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades