Paul McCartney paga fortuna para agradecer por baixo recuperado após 55 anos

Instrumento histórico, usado sobretudo nos primeiros álbuns dos Beatles, era avaliado em £ 10 milhões e estava desaparecido desde 1969

Desde 1969, um baixo histórico de Paul McCartney – utilizado na gravação de músicas como “Love Me Do”, “Twist and Shout” e “She Loves You” e na composição de “Get Back” – estava desaparecido. Após uma campanha massiva online, iniciada no ano passado, o instrumento foi encontrado em fevereiro último.

­

- Advertisement -

O modelo Höfner 500/1 estava na casa de Ruaidhri Guest, estudante de cinema de 21 anos, em Hastings, na Inglaterra. À época, um comunicado no site de Macca confirmou a autenticidade do baixo, avaliado em £ 10 milhões (cerca de R$ 63 milhões na cotação atual), que voltou para as mãos do famoso proprietário.

O texto diz:

“Após o lançamento do projeto Lost Bass no ano passado, o baixo Höfner 500/1 de Paul comprado em 1961, que foi roubado em 1972, foi devolvido. O instrumento foi autenticado pela Höfner e Paul está incrivelmente grato a todos os envolvidos.”

De acordo com o The Sun, o artista pagou uma fortuna como recompensa à família do jovem. Provavelmente, o valor ficou na casa dos seis dígitos — ou seja, entre £ 100 mil e £ 999.999 (entre R$ 635 mil e R$ 6,3 milhões, na cotação atual e em transação direta).

Leia também:  Os maiores diferenciais do Pearl Jam, segundo o produtor Andrew Watt

Ao veículo, uma fonte anônima revelou:

“Eles fizeram um acordo e a família recebeu um dinheiro muito significativo como agradecimento. Sir Paul também expressou sua gratidão a Cathy e à família.”

Cathy Guest, mãe do garoto, explicou que o instrumento chegou até sua residência através do falecido marido, que o recebeu do irmão. Por muito tempo, o baixo permaneceu no loft, sem que fizessem ideia da importância da peça.

Ela preferiu não detalhar a quantia cedida pelo eterno Beatle. No entanto, ressaltou que sua vida continuará a mesma independentemente do dinheiro:

“Não posso falar sobre o valor, mas não vou me mudar ou fazer nada para mudar minha vida. Meu estilo de vida não vai mudar.”

Paul McCartney e o projeto Lost Bass

Nick Wass, especialista em baixos da fabricante Höfner, junto de outros dois jornalistas investigativos, Scott e Naomi Jones, fundou o projeto Lost Bass no ano passado na tentativa de recuperá-lo. Eles montaram uma página, com várias imagens do objeto perdido, especificações, além de formas de entrar em contato e ajudar na procura.

Leia também:  Sophie Lloyd toca Jimi Hendrix em vídeo e internautas só comentam sobre mamilo

Segundo os envolvidos (via Ultimate Classic Rock), a investigação começou a caminhar quando receberam a informação de um roubo ocorrido no dia 10 de outubro de 1972, na área de Notting Hill, em Londres. Comparando com outros relatos, perceberam que o baixo havia sido levado naquela noite e, partir daí, rastrearam todas as pistas. Logo descobriram que, à época, o ladrão vendeu o baixo para Ronald Guest, proprietário do pub Admiral Blake, em Ladbroke Grove, também na capital da Inglaterra.

Ao The Guardian no ano passado, com o surgimento da iniciativa, Paul McCartney mencionou o apreço pela peça, utilizada sobretudo nos primeiros álbuns dos Beatles, “Please Please Me” (1963) e “With the Beatles” (1963). Na ocasião, ele declarou:

“Por cerca de £ 30, encontrei este baixo Höfner. E para mim, por ser canhoto, parecia mais prudente tocá-lo, porque era simétrico. Eu o comprei e me apaixonei por ele.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasPaul McCartney paga fortuna para agradecer por baixo recuperado após 55 anos
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades