Por que Tom DeLonge decidiu voltar para o Blink-182

Vocalista e guitarrista deixou os colegas em 2015 e passou a focar em outros projetos além da música, quando tudo mudou no início de 2021

Tom DeLonge deixou o Blink-182 no início de 2015 em meio a desentendimentos. À época, o vocalista e guitarrista publicou uma carta aberta, destacando que ele e os colegas de banda não conversavam há meses e que havia uma gama de problemas internos. 

Sendo assim, o músico, que foi substituído por Matt Skiba (Alkaline Trio), focou em outros projetos. Além de ter seguido com o Angels & Airwaves, chegou a lançar, poucos meses depois, o álbum solo “To the Stars… Demos, Odds and Ends”, como também financiou pesquisas sobre alienígenas, fundando a empresa To the Stars Academy (TTSA), que estuda OVNIs e UAPs (Unidentified Aerial Phenomena, ou fenômenos aéreos não-identificados).

- Advertisement -

Por meio da companhia, disponibilizou uma série de HQs intitulada “Strange Times”, além de um livro infantil, “Who Here Knows Who Took My Clothes?”, e outras obras, incluindo a coleção de ficção científica “Poet Anderson”. Cada vez mais, o artista se afastava da música.

Tom DeLonge, vocalista e guitarrista do Blink-182
Foto: Jack Bridgland

Até que tudo mudou no início de 2021, quando decidiu voltar para o Blink-182. E a motivação principal residiu no fato de que o baixista e vocalista Mark Hoppus enfrentou uma ameaça à vida. 

O músico foi diagnosticado com um linfoma em março do ano em questão. A notícia só veio a público três meses mais tarde, quando o tratamento já estava em um estágio avançado. A cura foi anunciada em setembro, embora Mark passe por revisões periódicas.

Leia também:  Flea se arrepende de baixos quebrados em shows do Red Hot Chili Peppers

Durante conversa com Zane Lowe no ano passado (via Entertainment Weekly), Tom revelou que o problema do amigo o impactou de tal forma ao ponto de mudar os planos de sua carreira – o que ocasionou em seu retorno à banda, divulgado oficialmente em outubro de 2022. Ele declarou:

“Lembro de dizer à minha esposa: ‘acho que nunca mais vou tocar música, acho que nunca mais vou fazer turnês’… Até que Mark me disse que estava doente. Então eu pensei: ‘essa é a única coisa que eu quero fazer’. Quando ele me contou o que estava acontecendo, isso foi o pior… tipo, nada mais importava, realmente. Não se tratava de fama, dinheiro, o tamanho do Blink ou algo assim. Era tipo: ‘você vai superar essa m*rda e nós vamos dominar tudo novamente’.”

Tom DeLonge, vocalista e guitarrista do Blink-182, e Mark Hoppus, cantor e baixista da mesma banda
Mark Hoppus e Tom DeLonge (Foto: reprodução / Instagram)

Contato regular

Em julho de 2021, o baterista Travis Barker já havia confessado que uma volta da formação clássica do Blink não estava descartada. Como explicou à Rolling Stone naquele período, o momento difícil uniu os colegas novamente.

“Eu falo com o Tom o tempo todo. Enviamos textos e coisas engraçadas um para o outro. As brigas e os desentendimentos entre nós acabaram. É tudo amor. Nós três conversamos, e somos todos amigos.”

Foto: reprodução / Instagram

O Blink-182 está em turnê pela América do Sul. Peru (12/03), Argentina (15/03), Chile (16/03) e Paraguai (19/03) fizeram parte do itinerário do grupo, que encerra a excursão nos festivais Lollapalooza Brasil, nesta sexta-feira (22) e Estéreo Picnic Colômbia, no domingo (24).

Leia também:  Entre a luz e as trevas: a história de “Headless Cross”, do Black Sabbath

No ano passado, o trio cancelou a excursão pela América do Sul após Travis Barker sofrer uma lesão durante ensaios da turnê. Ele deslocou e rompeu os tendões do dedo anelar da mão esquerda. Na ocasião, o substituto encontrado pelo Lollapalooza Brasil foi o Twenty One Pilots.

A banda atualmente

A turnê atual do Blink-182 divulga o álbum “One More Time…”, nono trabalho de estúdio da carreira. O material marca o retorno do vocalista e guitarrista Tom DeLonge ao convívio de Mark Hoppus (baixo e voz) e Travis Barker (bateria).

O disco chegou ao topo da Billboard 200, principal parada dos Estados Unidos, na semana de lançamento. Na ocasião, a banda derrotou os Rolling Stones, que lançaram “Hackney Diamonds” na mesma data.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que Tom DeLonge decidiu voltar para o Blink-182
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades