A excêntrica banda de nu metal que Bruce Dickinson diz adorar

"Não sei como eles surgiram, mas adoro o fato de que conseguiram chamar atenção no mainstream", afirmou o vocalista do Iron Maiden

Não é segredo que Bruce Dickinson é fã de nomes como Chris Cornell e Ronnie James Dio. Mas há também uma banda de nu metal que o vocalista do Iron Maiden adora, sobretudo porque é “muito excêntrica”. 

Trata-se do System of a Down. A revelação aconteceu durante conversa com a Loudwire, transcrita pela Metal Hammer. Primeiramente, o cantor opinou sobre a música “mais pesada” que emergiu após o surgimento do Maiden. 

- Advertisement -

Ilustrando a questão, mencionou o Sepultura e o Slayer e disse compreender a maneira com que ambas as bandas criaram suas identidades musicais. Ele declarou:

“Você tem alguns extremos. Olhe para os avôs de todo mundo, Slayer, e para uma banda como o Sepultura: eram realmente raivosos. Os roqueiros de blues simplesmente disseram: ‘nós odiamos isso’. E bem, você precisa entender por que eles seguiram esse caminho mais pesado. Se eles são mais jovens, o que eram quando faziam isso, eles dizem: ‘Não queremos ser como meu avô, que toca guitarra de blues muito bem. Não vou a lugar nenhum, porque nunca poderei ser tão bom quanto ele. E, mesmo que eu fosse tão bom quanto ele, as pessoas diriam: ‘você não é tão bom quanto ele’. Então vou fazer algo diferente’.”

Em seguida, acrescentou outros exemplos:

Leia também:  Steve Morse mantém contato com ex-colegas de Deep Purple? Ele responde

“Você tem uma paleta que se diversificou, chegando no Rage Against the Machine e no System of a Down e esse tipo de banda, que começou a fazer coisas um pouco mais extremas.”

Então, o entrevistador perguntou a respeito do System of a Down. Foi aí que o artista mencionou a admiração pelo grupo e pelo fato de conseguirem chegar ao mainstream:  

“Eu meio que gostei do System of a Down, simplesmente pelo fato de ser tão excêntrico. Não sei como eles surgiram, mas adoro o fato de que conseguiram chamar atenção no mainstream. Eu acho ótimo quando coisas assim acontecem. Não sei como posso aproveitar isso, mas, mesmo assim, é ótimo que esteja lá.”

A história de como surgiu o System of a Down pode ser lida clicando aqui.

Bruce Dickinson, Iron Maiden e Brasil

The Mandrake Project”, novo álbum solo de Bruce Dickinson, saiu no dia 1º de março. O tracklist reúne 10 faixas, incluindo uma versão retrabalhada para “If Eternity Should Fail” – aqui rebatizada “Eternity Has Failed” – originalmente presente em “The Book of Souls” (2015), do Iron Maiden.

Leia também:  Mötley Crüe anuncia “Dogs of War”, primeira música inédita com John 5

Em 2024, o cantor vem duas vezes ao Brasil para shows. A primeira acontece como artista solo. Eis as datas:

  • 24/04 Curitiba (Live Curitiba)
  • 25/04 Porto Alegre (Pepsi On Stage)
  • 27/04 Brasília (Opera Hall)
  • 28/04 Belo Horizonte (Arena Hall)
  • 30/04 Rio de Janeiro (Qualistage)
  • 02/05 Ribeirão Preto (Quinta Linda)
  • 04/05 São Paulo (Vibra São Paulo)

No segundo semestre, o Iron Maiden realiza mais dois shows da “The Future Past Tour” no país. Ambos acontecem no Allianz Parque, em São Paulo, dias 6 e 7 de dezembro. Os dinamarqueses do Volbeat serão a atração de abertura.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA excêntrica banda de nu metal que Bruce Dickinson diz adorar
Maria Eloisa Barbosa
Maria Eloisa Barbosahttps://igormiranda.com.br/
Maria Eloisa Barbosa é jornalista, 22 anos, formada pela Faculdade Cásper Líbero. Colabora com o site Keeping Track e trabalha como assistente de conteúdo na Rádio Alpha Fm, em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades